Estadão - Boletim Coronavírus - 29/04/2021


Início da campanha de vacinação contra a COVID-19 para pessoas com 63 anos. Dia:29/04/2021 Local: São Paulo/SP Foto: Governo do Estado de São Paulo 

Fonte: Fotos Públicas 



Estadão
boletimcoronavirus
Butanvac começa a ser produzida, mas ainda faltam testes sobre a vacina
Marco Antônio Carvalho
Marco Antônio Carvalho
Repórter de Metrópole
Olá, boa noite!

O primeiro lote de um milhão de doses da Butanvac, vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo Instituto Butantan, começou a ser produzido nesta quarta-feira, 28. O governo de São Paulo prevê que 18 milhões de doses estejam prontas no início de julho. Mas a pesquisa, aprovação e a distribuição do imunizante fabricado 100% no País deve seguir um caminho complexo. É que ainda falta uma parte importante do processo: os testes em humanos.

Para avançar nessa etapa, o Butantan solicitou na semana passada a autorização à Anvisa para iniciar o estudo. Mas nesta terça-feira, 27, ouviu da agência que os documentos enviados eram insuficientes e um pedido por informações complementares foi feito pelo órgão federal. O instituto sediado em São Paulo já informou que mantém contato para "viabilizar os esclarecimentos necessários".

Enquanto a Butanvac não avança, várias cidades do País continuam enfrentando problemas com o estoque de vacinas. A opção em municípios de ao menos oito Estados tem sido adiar a aplicação da segunda dose, o que deixa "centenas de milhares de pessoas com o esquema de proteção incompleto", como mostramos aqui. O Ministério da Saúde espera distribuir novas doses a partir de amanhã.

"O Brasil com suas 38 mil salas de vacinação, aplicando uma vacina a cada 5 minutos em 8 horas de funcionamento por dia e trabalhando 20 dias por mês, conseguiria vacinar 60,8 milhões de pessoas por mês", explica aqui o colunista Gonzalo Vecina. No País, contudo, ainda faltam doses para pôr esse plano em prática.

Mais importantes do dia
Pesquisa
Pacientes com covid longa enfrentam riscos preocupantes e persistentes para a saúde, indica estudo
Vacinação
Ministério da Saúde espera chegada da Coronavac na próxima semana para regularizar 2ª dose
Imunizante
SP começa a produzir 1 milhão de doses da Butanvac; Anvisa cobrou mais documentos
Plano
SP prorroga fase de transição e amplia horário de funcionamento de serviços; veja o que muda
Estudo
Botucatu fará vacinação em massa com doses da Oxford/AstraZeneca
Política
Bolsonaro diz que CPI é 'carnaval fora de época' e descarta se vacinar por enquanto
STF
Rosa manda governo Bolsonaro elaborar plano para compra de medicamentos do kit intubação
Esportes
Tóquio-2020 fará testes diários em atletas e decidirá sobre público em junho
Internacional
Cientistas tentam determinar se variantes da covid são responsáveis por piora da crise na Índia
Ensaio
Show com protocolo anti-covid na Espanha termina sem nenhum caso de infecção por coronavírus
Estadão Verifica
É falso que Coronavac tenha se mostrado ineficaz e precise de terceira dose
Colunas
Exclusivo do Assinante
Sergio Cimerman
Sergio Cimerman
Coquetel anticovid se mostra promissor, mas é preciso conhecer ação contra variantes do vírus
Coluna do Estadão
Coluna do Estadão
Sem Sputnik, Estados esperam agora o STF
Gonzalo Vecina
Gonzalo Vecina
Se tivesse doses suficientes, Brasil poderia vacinar 60,8 milhões de pessoas por mês contra covid




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.