O Raio E As Serpentes - A Única Queda Que Pode Ser Quebrada

 

Fallen - Bastien Lecouffe Deharme


“O Tecido Temporal Se Abre Com As Vastidões Das Correntes Do Raio Coerentes Com As Asas Batidas A Favor Das Correntes De Outros Raios. Todos Estes Nasceram Do Único Raio Que Existe E Se Voltam Para As Incondicionadas E Desconhecidas Origens Dele Mesmo. Nunca Saberemos Como Os Automanifestados Essenciais Nasceram Por Si Mesmos, Filhas E Filhos Do Raio. Mas, Dentro Do Tempo Que Possuímos Como Seres Materiais, Sentindo As Energias Deles Manifestadas No Raio A Descer Sobre Nós Para Nos Fazer Ascender Até Eles, Sabemos Que Temos A Possibilidade De Nascermos Por Nós Mesmos. Nascimentos A Cada Camada Da Ignorância A Ser Em Nós Derrotada. Nascimentos A Cada Cenário Da Cegueira Em Nós A Ser Encerrada. Nascimentos A Cada Teatro Do Medo Em Nós A Ser Pulverizado. Aqueles Que Nascem Dentro Da Matéria Com As Possibilidades Do Incondicionamento Existencial Também Assim Precisam Aprender, Tanto Quanto Aqueles Que Não Alcançarão A Automanifestação. Não Somos Essenciais, Nós Aqui Abaixo Dos Que Ainda Não Se Transbordaram Para Além Do Útero De Todos Os Automanifestados. A Própria Presença Do Raio Caindo Sobre Nós Comprova Que, Mesmo Nas Vias Incondicionadas, Os Seres Nascidos Por Si Mesmos Através Da Evolução Estão Atados Ao Que Lhes Torna Idênticos A Todos Os Seres Evoluídos E Seres Comuns Da Criação: Um Coração Que, Ao Pulsar, Gera Os Próprios Raios Com Suas Próprias Ascensões E Descensões. O Tempo Aqui Serve Para Que Em Nosso Ser Unamos Os Raios De Nossos Corações Ao Único Raio Que Existe No Todo Automanifestado E Manifestado Da Criação. Fazendo, Assim, Novos E Outros Tempos Nascerem Dentro De Nossas Internas Criações.”


Aforismo Duzentos 

E Oitenta 

E Nove

Do Primeiro Livro 

Da Doutrina 

Do Raio 




05 de fevereiro de 2787

806º ano da Colonização Terrestre Keauriotheniana

Ilha De Thades

Aposento Das Líderes Templárias

06:55 h


Este início de dia está sendo muito diferente, em todos os sentidos diretos e indiretos, para Betharyna-Shallah. Pela primeira vez, uma Neófita da Ilha De Thades tinha acesso ao Recinto Maior da mesma, o penúltimo andar do Templo Místico (o 9.999º), onde residem desde sempre as Líderes Templárias. Também, pela primeira vez, uma Neófita se reunia com três Altas Autoridades Políticas Terrestres como uma igual para discutir com profundidade e autoridade os mais relevantes Assuntos Governamentais do início do ano de 2787: Donnala Donnalian, a Governante Planetária; Nielle Donnalian, a Governante Do Continente Americano; e Nielle Donnalian II, a Governante Do Continente Africano. E, pela primeira vez, a um nível mais pessoal, ela se encontra no mesmo recinto em que Urizallaa está sem as duas assumirem uma contra a outra posturas bélicas. A Segunda Líder Thadesiana emitia grande harmonia e paz, amamentando Tharabalza, em nada vindo a lembrar ou parecer a continuamente estressada e rude mulher que ela era. Tendo feito as pazes com Harizaella após o nascimento da filha, ela nem havia discutido ou se posicionou contra a presença de uma Neófita em um Encontro Oficial de Autoridades Políticas com a Autoridade Mística Maior Terrestre. Apenas deu uma folga às discípulas dos dois Grupos que doutrinava, os quais foram fundidos em um, e não demonstrou no olhar qualquer sentimento de repúdio a ela. Isto a impactou porque a considerava uma inimiga na Ilha. 


As três, discípulas da Senhora Do Raio, trajam um conjunto de vestimentas sofisticadas com sobriedade, elegância e beleza reunidas em cortes que unem o melhor da Moda Terrestre ao mais avançado da Moda Keauriotheniana. Ao chegar exatamente às 06:00 h no Aposento, Betharyna-Shallah entendeu o porquê da Mestra ter lhe pedido para trajar uma das vestimentas mais sofisticadas que trouxera de Ust Silma. Os Donnalian são reconhecidos como possuidores de um sentido peculiar para o luxo nas vestimentas, o que eles mais apreciam utilizar em Eventos Oficiais de qualquer natureza. As Líderes Templárias optaram em usar as Túnicas Iniciáticas Tradicionais, cujas Belezas Místicas se sobressaem sobre qualquer outra Vestimenta. Simbolizando, assim, a precedência delas sobre as três Donnalian em Termos Existenciais. Um Rito necessário que a russa compreendeu analisando todas em redor, com uma discrição ímpar para não atrair as atenções delas, envolvidas que estavam no diálogo. E sentadas no chão, conforme o Costume Keauriotheniano que simboliza o seguimento de diálogos de Existencial Interesse, a simbologia do todo em que ela se encontra adquire mais densidade ainda. 


Quando Harizaellaa lhe disse que o Treinamento Doutrinário do corrente dia seria diferente dos anteriores, ela pensou que, talvez, fossem visitar algum ou alguma dos Grandes Sábios Terrestres, excluindo os da Ásia (nada recomendada para uma visita, mesmo através de Estradas Dimensionais, por causa da Guerra). Mas, a mensagem da Mestra, recebida psiquicamente ao acordar às 05:00 h lhe pedindo para estar no Aposento dela dentro de uma hora, na qual as três Políticas estariam presentes, tratou de assustá-la inicialmente. Mas, se arrumando para a reunião e conversando com as companheiras do Quarto (que estavam começando a se acostumar com a sincera aproximação dela), ela se situou no que a Mestra determinou como a Doutrinação Intelectiva deste dia. O assunto nos Campos Intelectivos que mais a atraia era Política Geral, a qual reúne a Planetária, Interplanetária, Galáctica, Universal e da Criação. Praticamente, uma Arquitetura Das Políticas Imperiais que em Organogramas Estruturais sintetizavam as Dinâmicas Essenciais dos Espectros Políticos dentro de um Império, é o assunto que mais lhe fascina. E ter a oportunidade de dialogar com três Gênios Políticos Supremos E Absolutos, reconhecidas por todo o Império Keauriotheniano como tais, lhe acrescentaria muito como parte dos Estudos de uma das 612.008 Formações Intelectivas que fazem parte de seu Curso Iniciático. 


— Propriedades em cada jogada política agora se tornaram elementos cheios de variáveis. — Donnala inicia outro assunto na reunião. — O nosso planeta se arrisca a ter, em breve, mais um Levante Do Aço em meio a uma Guerra na Ásia e a possibilidade de mais um conflito continental na Oceania. Este lado da Terra, onde Ásia e Oceania se tocam, é de uma combustão irrefreável desde que as mais extremistas ideologias passaram a nelas habitar. Houve liberdade demais dada pelo Imperador Thades aos atuais envolvidos na Composição Política Mundial de hoje, sejamos aqui unânimes em concordar com isto. A Nova Cruzada Do Exército Da Libertação Humana de Marcus Fernandez Paz se alastra por todo o mundo, há vinte e seis anos deixou de ser apenas uma Força Mais Humana Brasileira; julgo até que conseguiu penetrar nos Bolsões Ocultos Dimensionais Asiáticos que os Gêmeos Predadores não conseguiram destruir no Expurgo Dos Mais Humanos Asiáticos. Ophir, Lasha e Margyah são os verdadeiros Regentes Russos há 197 anos, passando a instituir oficialmente Governantes Estatais apenas por questões de segurança em relação à Organização Da Terra Unida; se assim não o fizessem, a Rússia seria considerada uma Nação Proscrita, abrindo caminho para uma intervenção direta do Governo Planetário unido ao Trono Keauriotheniano, o que implicaria a derrocada deles. Mariah e os Gath contra os Thiambar's demarcam territórios bem além dos grandes confrontos bélicos liderados, respectivamente, pela Austrália e a Ilha De Thidan; não demorará muito para que Obhalla Thiambar sucumba através dos punhos de Mariah, se tornando a décima sexta Líder Thidaniana consecutiva a ser morta por ela em mais uma Grande Guerra Da Oceania. Geopolítica Planetária Das Contenções me fazem planejar meios de evitar dois conflitos e impedir o prolongamento de um por mais tempo do que já está ocorrendo. Apenas com Akhedna Gnaix há um diálogo, ela é a única Autoridade Política Asiática disposta a discutir Termos Pacificadores, findando a Guerra do Continente por ela governado. Na Oceania, não consigo abrir brechas para uma aproximação tanto com relação aos Australianos quanto com relação às Thidanianas. E o NCELH só entende, infelizmente, a Linguagem Do Aço. 


Donnala, nascida aos 11/06/2722 na Cidade Eterna De Morondava, República Malgaxe, foi Neófita do 44º Grupo Iniciático de Harizaellaa (2725-2730). Filha única de Gertsa Donnalian (2666-2740), Arquimestra De Armas, que foi discípula de Harizaellaa no 33º Grupo Iniciático desta (2670-2675) e Governante Africana de 2700 a 2740; e de Hraan Ushadaryan (2660-2730), Mestre Da Luta Eterna e Governante da República Malgaxe de 2723 a 2730. Os pais dela foram mortos em confrontos com Mais Humanos Africanos e, mesmo antes das mortes deles, após a Formação na Ilha como Arquimestra Suprema E Absoluta Das Cinco Categorias (Luta Energética, Luta Mística, Luta Psíquica, Armas E Luta Eterna), se destacou na América, Europa, Antártida, Ártico e Oceania combatendo Mais Humanos. Grande Gênio Militar, além de Político, sua atuação a fez ser elevada a General Suprema De Guerra Terrestre no ano de 2740, substituindo Mênias Polosius (2700-2739), que fora assassinada em um confronto contra membros do NCELH na Cidade Eterna De Porto Alegre, Rio Grande Do Sul, Brasil, aos 29/12/2739. Com a também morte da Governante Planetária Venêmia Rachidean (2676-2744) nas mãos de Mahu's na Cidade Eterna Do Rio De Janeiro aos 01/07/2744, ela assumiu o Cargo da mesma sete dias depois e tem sido há 42 anos uma grande Guerreira Política, tentando dialogar até mesmo com os irracionais Extremistas Anti-Keauriothen antes de empilhar os cadáveres deles pelas ruas das Cidades Mundiais, excluindo as da Ásia. Governa a Terra de Morandava e somente surge no Castelo Eterno, Sede Oficial do Governo Terrestre localizado no Rio de Janeiro, para se reunir o Ministério Terrestre e os Conselheiros Governamentais em ocasiões separadas. Conhecida como A Fátua Espadachim Suprema, ultraveloz e quase invencível no Empunhar E Manejar de Sabres Místicos Donnalian. 


— A problemática brasileira é bem mais delicada, o coração do NCELH se concentra no país que ainda possui o maior número de adeptos da Ideologia Mais Humana de toda a Terra. — Nielle prossegue pontuando o início de outro tópico. — Marcus faz questão de frisar que não irá tolerar minhas atitudes freando os avanços dos seguidores deles além dos Campos Dimensionais onde eles vivem espalhados taticamente por todo o Brasil. Taticamente porque as disposições de cada Campo estão exatamente próximos aos corações de cada Cidade Maior e, como sabemos, ainda é muito difícil invadir e destruir um Campo Mahu para as nossas Forças Militares. Ophir, Lasha e Margyah não compartilharam com os Governos Continentais as formas de Estruturas Tecnomísticas Invasivas que utilizaram para adentrar com Legiões nas Dimensões Asiáticas que destruiram. Foi uma resposta ao Trono por este sempre estar se opondo às práticas extremistas dos Quatro Clãs de modo político e eu creio que isto deveria ter sido um motivo para que o Imperador Thades interviesse diretamente retirando-os da Liderança deles. A Internet ajudou na expansão de Células do NCELH por todo o planeta e a América inteira passa também por um momento delicado demais. Shebrine e Cush Terah, junto com Ahgna, Athalia, Gianna, Ellesa, Tkraow, Sonnala, Luarah, Blean, Vayan, Abadda, Qsea, Xabara, Bvanne, Bárbara, Nara, Asara, Abhja, Astharya, Yara, Qroagh, Qat Qdaash, Kânya, Marka, Haree, Phathrea, Dtya, Emmara, Ophalla, Bralla, Hara, Bruune, Erynne, Fyda, Laudranna, Sasera, Beara, Emmya, Thabara, Saana, Larsaya, Bella, Vunya Partkan e Adraa tem sido as bases da Resistência Continental aos nossos inimigos mais próximos e imediatos. Os Shet dos Estados Unidos e os Isaachlan do Canadá contribuem também com operativos suficientes que acrescentam demais às Legiões Americanas. Kerbaga Shet e Frandra Isaachlan tem se aproximado cada vez mais de mim, depois de tantos anos com os dois Clãs afastados do Governo Continental Americano por não concordarem com muitas nomeações de Governantes. Fui extensamente paciente e sutilmente política ao me aproximar das duas, que há nove anos colaboram com maior frequência nas lutas contra os Mahu's. O que é apenas insuficiente, já que a força real dele em Termos Bélicos parece estar sendo guardada para uma ocasião futura que, a meu ver, é a de mais um conflito mundial. 


Nielle, filha de Donnalian com Khaes Borthjoorn (2716-2733), Arquimestre Da Luta Eterna morto em um confronto com Mahu's no Atlântico Sul aos 12/08/2733, nasceu aos 04/05/2724 na mesma Cidade da progenitora. Foi discípula de Harizaellaa no 34º Grupo Iniciático desta (2730-2735), Formada nas mesmas Cinco Categorias da mãe. Após a Formação, como queria independência e a construção de uma história própria, decidiu integrar-se ao Primeiro Exército De Thades Do Brasil como Soldado e, em três anos, já era uma General Suprema  por causa de suas brilhantes atuações contra Mahu's por todo o país. Gênio Militar Avançado e hábil na Linguagem Política, ela alcançou o Cargo de uma General Suprema E Absoluta no ano de 2736, partindo para atuações por todo o Continente Americano que a tornaram mais célebre do que Cush. Quando Donnala assumiu o Governo Planetário em 2744, instituiu a filha como Governante Americana (o que, por Tradição Política, as Governantes Planetárias se tornavam) e General Dos Generais Americanos sem nenhuma contestação devido ao altíssimo grau de popularidade de Nielle entre os Militares e Políticos Americanos. Nielle, no entanto, abriu mão do Cargo de Generalíssima e o concedeu a Shebrine, mãe de Cush, posto que o mesmo encontrava-se vago desde 2726 após a morte de Dghte Iompahder (2601-2726), um dos raros homens a ocupar o Cargo na História Continental Americana Da Terra Keauriotheniana, por causa de disputas políticas-militares que impediam a confirmação de um nome de concordância geral. Como Shebrine era bem vista por todos e estava neutra em relação às disputas, sua nomeação por Nielle foi uma jogada que terminou com toda a Cisma Militar que durava 18 anos, influenciando até na eficiência dos combates aos Mahu's. Por 42 anos, pró-ativa e sempre presente nas frentes urbanas mais atacadas pelos inimigos em toda Cidade Continental, ela produzia resultados nada agradáveis para as Legiões deles. Conhecida como A Esmagadora por sua monstruosa perícia com os monstruosos Martelos Gigantes Donnalian que, literalmente, esmagam Mahu's, fazendo-os tornar-se com um golpe apenas massas de carne, sangue e ossos no solo. 


— Um quarto ponto de conflito que pode ter consequências mundiais e que devemos aqui analisar é o das ações dos Zar e do Tar pela África. — Nielle II põe na roda de discussão uma outra conflituosa situação planetária. — Marga Tar e Zeloa Zar, cada vez mais reafirmam o Juramento Eterno que fizeram após o Terceiro Levante Do Aço de destruírem por completo os Nalevan, Can, Oalduthen e Arquilon do Continente Africano junto com todos os Clãs que seguem-nas. Elas jamais perdoarão os Quatro Maiores Clãs Africanos por terem comandado as campanhas na Argélia que culminaram nos assassinatos dos Quatro Traidores que eram os pais delas em 2515. Sabemos que Agaza e Tehor Zar e Mkaraua e Patees Tar fizeram um pacto com Ricardo Batista Amaral, Marcos Roberto dos Santos, Júlia Cosme da Silva, Tereza da Costa Santana e Túlia Servílio Ramos, os Fundadores dos Exterminadores Dos Filhos De Thades, em 2576. O objetivo deles era livrar a Argélia dos Expurgadores Do Sangue Keauriotheniano que vieram deflagrar aquele conflito e se a Eyruk não tivesse interceptado as Comunicações Quânticas Secretas do EFT em 2507, o Terceiro Levante se extenderia por mais vinte ou trinta anos. Os pais delas mereceram as mortes que tiveram por terem concedido Armamentos Tecnomísticos roubados de Arsenais Individuais dos Clãs deles em outros planetas para conceder aos Mahu's durante 31 anos. Sempre faço questão de lembrar essa história porque nunca devemos nos esquecer das grandes ameaças que elas duas são sem terem fundamentos históricos para serem nossas inimigas. A Honra Existencial lhes faria aceitar que os pais foram Traidores, mas o Ódio as consumiu e levou-as a declarar Guerra Eterna contra todos os países africanos onde houvessem os principais responsáveis pelas mortes daqueles. E declaram a todos que tomam partido dos Clãs que elas perseguem, como vós, Senhoras Harizaellaa e Urizallaa. A vingança delas não foi satisfeita quando mataram Dorusta e Traehaf Nalevan, Gtja e Teanthef Can, Partha e Ieon Oalduthen e Yrya e Ohrhut Arquilon, os Oito Líderes Africanos Da Resistência Aos Exterminadores. O Terror e o Horror que elas vem promovendo durante 271 anos, indiscriminadamente assassinando Seres Evoluídos, Seres Comuns e Animais, estes por puro prazer e sadismo, equivalem aos dos Gêmeos Predadores. Elas são aliadas dos Três Da Rússia e, Supremacistas Raciais, possuem ligações estreitas com os Clãs Supremacistas Europeus, que até o momento tem se mostrado fiéis ao Trono tanto na Terra como no restante do Império por questões de interesses políticos diversos, e os Thiambar's da Terra. Elas dominam com mãos de ferro a Argélia desde a morte dos pais, que os governavam como um Quadrilátero Político. Com exceção do Egito e do Marrocos, o restante do Norte Africano é praticamente um mini-continente escravo delas, que posicionam e destronam Governantes Estatais, quando insatisfeitas, assassinando-os cruelmente. Nos países do Centro e do Sul elas conseguiram influenciar os membros dos Clãs que elas dominam pelo medo no Norte para que se oponham sistematicamente a todos os Governos Estatais de todas as maneiras, apoiando Atos Terroristas que culminam em grandes massacres. Quanto aos Mahu's Africanos, estes as temem e respeitam, não sendo por elas incomodados e atacando apenas alvos que não possuam as marcas das garras delas. Como fui escolhida para ser uma Interventora Continental em Nome do Trono Keauriotheniano, temporariamente parando as sucessões de Nalevan's como Governantes Continentais até que eu possa estabelecer um diálogo com todas as partes em conflito, o Clã Donnalian, O Quinto Clã Maior Africano, passou a ser um alvo delas. Elas não temem ser inimigas do Trono Keauriotheniano, das Autoridades Maiores Planetárias leais ao Governo De Thades e estão dispostas a tudo para verem a África toda nas mãos delas, livres dos que Juraram exterminar por completo. Mas, enquanto eu estiver governando a África, aquelas duas não terão mais nenhuma chance de amplificarem ainda mais a Tirania delas por todo o Continente. 


Nielle II, filha de Nielle, nasceu aos 14/09/2756 na Cidade Eterna Do Rio de Janeiro e fez parte do 51º Grupo Iniciático de Harizaellaa (2760-2765), Formando-se como Arquimestra Suprema De Armas E Da Luta Eterna. Seu pai, Idros Haragar (2710-2766), Mestre De Armas, pereceu em um Atentado praticado por Mahu's no Museu Cósmico De Thades do Rio de Janeiro aos 22/03/2766. Engenheira Política e Diplomata Intercontinental, unindo 232 Formações Intelectivas da Ilha De Thades e da 444 da Universidade Suprema da Cidade-Natal (A Sétima Maior Instituição De Ensino Intelectivo Terrestre) adquiridas entre 2765-2766 em torno dessas duas específicas Áreas Políticas, se interessou desde a época de Neófita na Problemática Africana, o Continente-Natal da avó. Mudando-se para a Cidade Eterna De Casablanca, Marrocos, em 2768. Oferecendo-se, sem qualquer recomendação de Donnala, ao Cargo de Conselheira Política de Raana Nalevan (2643-2780), Governante Continental Africana, em onze anos se tornou A Primeira Voz Governante com naturalidade. Suas corretíssimas opiniões e geniais opções de diminuição da influências das Duas Leoas Sanguinárias Da Argélia, como Marga e Zeloa são conhecidas, deram a estas duas derrotas bélicas e políticas consideráveis a nível continental. Quando Raana foi assassinada por elas em um combate travado na fronteira do Marrocos com a Argélia aos 03/02/2780, Donnala a instituiu como Interventora Continental com os Poderes Legislativos de uma Governante. Tutora da Sucessão Nalevan, orientando possíveis candidatos e candidatas para o Cargo Vitalício Hereditário, já que Raana não tivera filhos, ela se impõe fortemente sobre as Leoas há seis anos demonstrando grandes habilidades na contenção de dois Verdadeiros Monstros em todos os sentidos. Raramente vista nos campos de batalhas contra Mahu's e os denominados Filhotes Sanguinários Das Leoas, os seguidores delas, pela África, ela prefere o trabalho de gabinete orientando todos os Militares que enfrentam, muitas vezes ao mesmo tempo, os dois grupos em cada país por eles afligido. Porém, suas raras aparições portando Cristais Místicos De Batalha Donnalian, que utiliza com letal elegância, fizeram-na receber o Nome Eterno de A Elevada Pureza Guerreira. 


Donnala e as Nielles enfrentaram juntas as Leoas pela África em diversas ocasiões, evitando massacres que as duas efetuariam pessoalmente, derrotando-as e obrigando-as a recuar, fazendo o mesmo com Mahu's. Antes do nascimento da Segunda Nielle, a mãe desta e a avó já se uniam para enfrentá-las, tanto quanto aos Mahu's, conseguindo igualmente vitórias. Derrotada por Donnala e Nielle na Viagem Bélica, tornando-se amiga delas, Betharyna-Shallah não entendia o porquê de Harizaellaa não ter incluído Nielle II no percurso. Uma direta indagação que posteriormente faria quando tivesse uma oportunidade a sós com a Mestra, pois o Histórico Bélico da mais nova das Donnalian nesta reunião não lhe diminui diante da mãe e da avó. Grande simpatia a russa passa a sentir pela brasileira, que lhe percebe o olhar de admiração e pergunta, com um leve sorriso:


— A Mestra Harizaellaa nos falou que você é a discípula dela mais interessada em Política desde que nós aqui fomos doutrinadas por ela, Betharyna-Shallah. Com base no que até aqui nós discutimos da Política Mundial Contemporânea, o que você pensa sobre o cenário do tema diante de nosso olhar? 


Sem uma pausa para absorver o nítido sentido da indagação, ela responde:


— Para que eu possa exercer uma complexa análise da Contemporaneidade Política, preciso buscar as premissas das Origens Políticas da Terra Keauriotheniana no final do Século 20. O Imperador Thades tinha tudo a favor dele quando salvou a Terra da destruição total e poderia ter eliminado pelas raízes os protótipos de extremistas que viriam a modelar a Ideologia Mais Humana, consistente, no Março De 2019. Se Rudolf Myers Luthens, Tarja Ginsberg, Os Generais Do Holocausto Nuclear e asseclas deles fossem dizimados pelo nosso Imperador pessoalmente antes do ano de 2019, nenhum Ser Humano a ele agradecido o condenaria. A História Do Terceiro Império Keauriotheniano possui algumas decisões que o Primeiro Soberano tomou que podem ser interpretadas como bem próximas das de um Tirano Sanguinário. Mesmo com essas decisões dele, consideram-no O Maior Dos Imperadores Da Criação, O Maior Da Raça Keauriotheniana e O Maior em diversos outros Altos Sentidos Existenciais. Por que ele foi tão condescendente com os Mahu's antes destes terem assim se tornado concretamente? Não foi o fato deles serem Humanos, que, Aprimorados, ofereciam riscos de morte até mesmo para Evoluídos Perfeitos abaixo dele, que evolutivamente estava acima de todos na Terra e no Império. Todos os Levantes teriam sido evitados e, se as decisões do Imperador Thades se voltassem rigidamente contra Ophir, Lasha, Margyah, Zeloa, Marga, Mariah e outros que perturbam o Sistema Planetário Político, nada que agora estrangula a Sociedade Terrestre, em todos os Espectros Políticos existiria. “Tudo É Político No Mundo De Uma Sociedade Com Leis Que São Seguidas Ou Não Seguidas”, ele mesmo escreveu isto no Livro Eterno Da Política Eterna Keauriotheniana. Liberdade Política demais resulta sempre em celeiros onde Pequenos e Grandes Tiranos nascem. Se ele tivesse sido na Terra como foi em ocasiões específicas da História do Governo dele, meus irmãos estariam hoje vivos, os irmãos de outras pessoas também, assim como os pais, os filhos, os amigos e os conhecidos de quem, neste momento, sofre por causa de todos que, por causa do Grande Imperador Thades, não teve a coragem de fazer desaparecer dos Horizontes deste planeta. Perdoem-me, Senhoras Harizaellaa e Urizallaa, mas o Senhor Thades Ocitilop Shodolon foi um covarde e um fraco aqui na Terra por não ter parado a quem ele deu Liberdade Política e se tornariam flagelos para toda nossa Sociedade neste Futuro. E eu falo de todos os que citei aqui, incluindo a Mariah, que por mais que eu admire, não passa de uma desestabilizadora do Estado Político Social Planetário. Respeito as senhoras do Clã Donnalian, mas sinto que, apesar da garra e da concentração no extremo combate aos Inimigos Do Trono, pensam como ele em determinadas conjunturas. São tão covardes e fracas como ele por não quererem fazer o que é realmente necessário para trazer uma Definitiva Paz para o nosso mundo. Hoje, temos um Império sem Imperador, que está desaparecido há 196 anos por não aceitar o fato de ter salvo a Senhora Karastyan Kronham-Rominsky, filha dele e minha Ancestral, no Quarto Levante. A Capital Imperial, nosso mundo, sacudida, partida ao meio, sem nenhuma possibilidade do Senhor Thidan, governando Keauriothen na ausência do irmão, de vir para a Terra aplicar a Extrema Força Letal contra Mahu's, Predadores, Leoas e quem mais está a tornar a Esfera onde vivemos em um Desgraçado Lar. Lhes garanto que o Segundo Soberano seria um Imperador que cortaria todos os males pelas raízes; mas, recomendado pelo irmão, faz o mesmo que este por respeito a ele. Não estou satisfeita com o que se chama de Política Mundial Contemporânea, Senhora Nielle II. Meu desejo é arrastar para O Nada com as minhas Capacidades Evolutivas a tudo e todos que compõem a pior face dessa Política. 


As diretas e frias e duras palavras de Betharyna-Shallah foram serenamente recebidas pelas ouvintes. Para surpresa dela, Urizallaa não se enervou com relação à ousadia dela em recriminar aberta e fortemente o pai dela, apenas ouvindo tudo bem calma, embalando nos braços a filha. Harizaellaa teve a mesma atitude, exibindo leve sorriso no rosto, aprovando com esse simples gesto o fato de sua discípula pensar por conta própria e não ter medo de expor as opiniões dela. As Donnalian entreolham-se sérias, sem demonstrarem desagravo ou exibirem nos rostos a qualquer forma de sinal que as indicasse como ofendidas. Com as Nielles balançando afirmativamente as cabeças e dando a Donnala a abertura para a resposta que será dada à Kronham-Rominsky. 


— A análise orgânica da situação mundial atual que cada vez mais se agrava, conforme todo o potencial do seu Espectro Político Interno e Único, Betharyna-Shallah, está correta. No entanto, um Imperador não deve funcionar atado a apenas um Espectro, ele deve conceder-se um abertíssimo Estado Interno para Compreender os Espectros de todo o Conjunto Imperial. Pensando como cada Seguidor de um Espectro, sem condenar um movimento ou pensamento sequer dentro do mesmo, ele passa a exercer uma Visão Acima Das Visões Analíticas Políticas que grassam em Livros ou Discursos de diversos Governantes abaixo dele. Cada Possessão dentro de um Império apresenta de milhares a bilhões e trilhões de Espectros em conflito uns com os outros, cada Ser é uma Entidade Social com conotações e denotações políticas próprias. Nosso Império, O Maior em Poderio e Riquezas, é uma infinita rede de Espectros conflitantes que enriquecem o Dever Do Primeiro De Todos, o nosso Imperador, que não os condena, aceita e não se interpõe em seu curso. Isto não é fraqueza ou covardia, Betharyna-Shallah; é, por um ângulo que você ainda não pode perceber, A Realização Da Verdadeira Cosmocracia sem as fábulas e mentiras utópicas escritas e descritas em Livros que hoje nem merecem ser folheados. A Liberdade Cosmocrática vem a ser O Ápice Existencial Da Política porque evita A Queda que um Soberano deve saber evitar: a de querer interromper o Fluxo Histórico do Desenvolvimento Orgânico da Sociedade que ele Governa com intervenções que não dêem aos indivíduos o Direito Eterno de serem verdadeiramente o que eles são. O Imperador Thades aprendeu com os próprios erros, os dos pais dele e os de outros Imperadores, até mesmo aqueles que ele Extinguiu antes de assumir o Trono e os que não foi capaz de Extinguir durante todo o Governo dele. Massacrar como ele massacrou com ordens dadas a Militares grupos de Inimigos De Keauriothen já aprisionados e desarmados, simplesmente buscando vingança contra atrocidades por eles cometidas, aqui na Terra feito pelas mãos dele seria, sim, um ato de covardia e de fraqueza. Com um dedo, nosso Imperador poderia ter partido ao meio a todos os partidários do Ódio contra a Presença Keauriotheniana na Terra. No entanto, ele optou por fazer com que as escolhas deles, a Liberdade dada a eles, lhes desse o peso de cobranças futuras proporcionais às mesmas. E sabemos que o Imperador Thades nunca fugiu de batalhas contra Grandes Ameaças formadas até pelos que ele concedeu A Liberdade. Se você compreender este específico último ponto da minha resposta que lhe é dada desta forma, Betharyna-Shallah, compreenderá porque seguimos o Ideal Político Cosmocrático do Maior da nossa Raça. E compreendera A Única Queda Que Pode Ser Quebrada. 


Com uma inédita dificuldade para assimilar o Conceito Político que nunca dera muita atenção antes, por considerar o mesmo utópico e sonhador demais, Betharyna-Shallah sorri respeitosamente e responde:


— Um dia, eu vou pessoalmente perguntar ao Imperador Thades sobre o Pensamento Político dele expondo tudo que eu expus aqui antes. Este dia aqui promete ser um dos mais promissores para mim… até posso dizer que nossa troca de ideias tem um certo sentido… cosmocrático… 


O ambiente leve de pacífica e harmoniosa troca de ideias assim se configura, o que promete acompanhar as horas de todo este dia. As Donnalian não tem hora determinada para partir e Betharyna-Shallah quer que o encontro com elas dure até o amanhecer do próximo dia. Urizallaa parece que será apenas uma observadora silenciosa, mais da Neófita e Ser que ainda desconhece do que das visitantes, com as quais trava amizade. Tharabalza está quieta, olhando fixamente para todas as demais por longo tempo desde que parou de se amamentar, como a compreender toda a discussão até aqui desenvolvida. Harizaellaa age como também uma observadora, denotando que somente se manifestará após ser interpelada. E sabendo que nos dias posteriores a este encontro, a discípula terá a fazer múltiplas e inacabáveis perguntas para ela, as quais prazerosamente responderá. 




"A Primeira Peça Do Xadrez Cósmico Se Move Invisível Pelos Planos Da Consciência Das Esferas Que Ainda Não Foram Manifestadas. Há Muitas Possibilidades Dentro Da Anterioridade De Cada Manifestação E Cada Uma Pode Ser Calculada Conforme O Raio Mostre Cada Definidora Fórmula A Ser Calculada. O Aspecto De Todo Resultado É O Que Traz A Trilha Do Grande Xadrez Que Movimenta Invertido O Xadrez Anti-Cósmico. Cósmico E Anti-Cósmico Se Completam No Processo Único Da Consciência Formadora Das Peças Movidas Pelas Leis E Anti-Leis Da Criação. Filhas E Filhos Do Raio, Vós Sois Tais Peças Se Atenderdes Ao Grande Chamado Do Jogador Incinerado No Meio Da Estrada Do Xadrez Que Equilibra Os Pratos Da Balança Do Equilíbrio Da Obra Moldada. Movimentem-Se Para A Esquerda, A Criação Vai Para A Direita. Movimentem-Se Para A Direita, A Criação Vai Para A Esquerda. Movimentem-Se Para Trás, A Criação Vai Para A Frente. Movimentem-Se Para A Frente, A Criação Vai Para A Trás. Movimentem-Se Para O Centro, A Criação Vai Para Todos Os Lados. Movimentem-Se Para Todos Os Lados, A Criação Vai Para O Centro. Sejam Assim Verdadeiros Enxadristas Em Um Eterno Jogo.”


Aforismo Duzentos 

E Noventa 

E Nove

Do Primeiro Livro 

Da Doutrina 

Do Raio 






⚡⚡⚡⚡⚡⚡⚡⚡⚡



SOBRE ESTE UNIVERSO 


Inomináveis Saudações a todos vós, Seres Do Mundo! 


A Mitologia deste universo desenvolvido por mim é composta por diversos escritos inseridos em várias épocas. Na essência, a temática central é enfocar a Raça Keauriotheniana, A Primeira Raça Perfeita Da Criação, neste Universo. Sigam os links que disponibilizarei aqui e adentrem com mais profundidade no mesmo. 


✍️ As Amazonas De Thades


✍️ As Bélicas Crônicas Keauriothenianas


✍️ Crônicas & Versos Da Terra Keauriotheniana  


✍️ As Crônicas De Tharen







Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.