Há Apenas Fome Aqui

Photo by Tina Ruzina

Há apenas algo
Neste jeito feroz
De me olhar querendo
Devorar cada um
Dos meus sentidos

Há apenas algo
Neste movimento peculiar
De tua insana vontade
De desestabilizar
O meu existir

Há apenas algo
E não ouço nada
Além do meu coração
Pedindo para que
Rasgue a minha alma

Há apenas algo
Que sempre próximo
Está do meu desejo
De ser sempre
Por ti manipulado

Há apenas algo
Que te faz querer
Somente extrair
Meus gemidos
Mais insensatos

Há apenas algo
Que me faz querer
Somente receber
Tuas dentadas
Em minha carne

Há apenas algo
Que te faz chamar
Cada diabólico ato
Que corre absurdo
Em meu pênis

Há apenas algo
Que me faz chamar
Cada divino espetáculo
Que vive absoluto
Em sua vagina

É a fome
Que te pariu
Para me
Atormentar
Em noites vis

É a fome
Que me pariu
Para te
Oferecer
Meu corpo vil

É a fome
Que nos pariu
Para sermos servos
Da mais pornográfica
Relação vil

Inominável Ser
APENAS
AQUI
FAMINTO




0 Loucas Pedras Lançadas: