Tudo Que Merece Ser Inominavelmente Eternizado



Kaleigh At Ritz III - Fabian Perez


Sem as dúvidas insanas. Sem as agruras rebentando. Sem a insanidade vencendo. Sem tolices gritando. Sem odes ao ócio. Sem sufoco na garganta. Sem toda carga de explosões e implosões em minha inominável erosão a priori, tomo este tempo e espaço no Espaço/Tempo para polarizar em palavras afirmações sobre o que deve ser inominavelmente Eternizado. Eternizado de verdade. 

E o que mais me é caro? O que mais me assalta sempre a carne, a mente, o espírito? Julgo dizer que é uma sensual mulher, com tudo que ela traz de serpentino e venenoso nas curvas, no rosto, nos lábios e nos pensamentos. Isso pode soar chato demais ou repetitivo, mas negar minha natureza não é meu forte. A Sensualidade é uma das minhas Musas Eternas. A Sensualidade é um dos meus antídotos contra a mesmice e a mediocridade. A Sensualidade é uma das minhas seguras formas de sentir-me ativo em versos e palavras cheias de tensão, tesão, fogo e fúria.

E Eternizado merece ser o mais insinuante sorriso de uma sensual mulher. E Eternizado merece ser o mais breve delicado movimento de uma sensual mulher. E Eternizado merece ser o olhar provocante naturalmente de uma sensual mulher. E Eternizado merece ser o momento da entrega a outro Ser, seja homem ou mulher, de uma sensual mulher. E Eternizada merece ser a energia da esfuziante natureza arrebatadora de uma sensual mulher. E Eternizado merece ser o sempre nascer de uma aurora de Novas Criações quando da nudez de uma mulher. E Eternizado... E Eternizado... E Eternizado...

As palavras são muitas, mas os nomes, pouco a pouco, se apagam. Se há algo pelo qual quero ser lembrado no Futuro é o meu apreço por uma sensual mulher. Mesmo não sendo feliz com este tipo de mulher ou qualquer outro tipo de mulher, continuarei sempre a admirar, me encantar e vibrar diante de uma sensual mulher. A música que toca em mim sempre me direciona ao que jaz nos sensuais mistérios de uma sensual mulher. Não sou o único artista do mundo a assim ser, outros agora o são assim como muitos outros foram no passado e alguns outros serão depois da minha passagem para O Abismo após a descida desta minha podre carcaça nomeável à cova.

O amargo, a derrota, a solidão, a tristeza, toda minha herança de dores e mágoas, na ironia e na rebeldia, fazem parte de meu Ser. Mas, constantemente posso dizer que os poucos momentos luminosos de meu atual existir são paridos quando da visão de uma sensual mulher... E nos feitos e efeitos que tal visão provocam no monstrinho encravado entre as minhas pernas...

Inominável Ser 
FANÁTICO 
POR
SENSUAIS
MULHERES




0 Loucas Pedras Lançadas: