24º Festival Mix Brasil De Cultura Da Diversidade - Outras Atrações



SESSÃO RESGATE

The Watermelon Woman (dir. Cheryl Dunye, fic, 90’, EUA, CLASSIF: 16 anos)/ 1996 - Comemorando seu 20º aniversário, o aclamado filme de Cheryl Dunye "The Watermelon Woman" (1996) foi restaurado e remasterizado digitalmente para o lançamento mundial. Situado na Filadélfia, esta é a história de Cheryl, uma lésbica negra de vinte e poucos anos que está lutando para fazer um documentário sobre Fae Richards, uma bela porém esquiva atriz negra dos anos 1930, popularmente conhecida como "a mulher melancia". Enquanto desvenda a vida de Fae Richards, Cheryl passa também por uma reviravolta completa em sua própria vida. Ao se desenvolver numa série de paralelos entre a "mulher melancia" e Cheryl, o filme capta a busca da protagonista por identidade, comunidade e amor.


FOCO JOÃO PEDRO RODRIGUES 

O Fantasma (dir. João Pedro Rodrigues, fic, 90’, Portugal, CLASSIF: 18 anos)/ 2000 - Sérgio passa os dias entre um quarto alugado num hotel barato, sexo anônimo e o seu trabalho na coleta de lixo no setor norte de Lisboa. Mas, uma noite, os seus olhos se deparam com o fantasma dos seus sonhos, e ele acorda na obsessão do amor...
Curtas: (CLASSIF: 18 anos)
Parabéns! (dir. João Pedro Rodrigues, fic, Portugal, 1997, 15’) - A escuridão silenciosa do quarto é rasgada por uma mensagem de parabéns gravada na secretária eletrônica. Um despertar brusco para Chico, no dia em que faz 30 anos. Grande confusão: tarde demais para ir encontrar a namorada, tarde demais para ir à reunião na Expo 98, e ainda, uma ressaca de morte.
O Que Arde Cura (dir. João Rui Guerra da Mata, fic, Portugal, 2012, 27’) - Na manhã do dia 25 de agosto de 1988, Portugal desperta com o maior incêndio desde o terremoto de 1755. Em Lisboa, o Chiado arde. No outro extremo da cidade, longe do fogo e da fumaça, Francisco recebe uma ligação inesperada e as chamas do passado irrompem em seu quarto, asfixiando-o.
O Corpo de Afonso (dir. João Pedro Rodrigues, Portugal, 2013, 32’) - Como seria o corpo do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, figura tutelar, alvo de mitificações sucessivas no decurso da nossa História?


CURTAS-METRAGENS

Mostra de Curtas - COMPETITIVA BR 1 (75’, CLASSIF: 14 anos)
Horizonte de Eventos (dir. Gil Baroni, Brasil-Curitiba/PR, 15’)
Ingrid (dir. Maick Hannder Lima Porto, Brasil-Belo Horizonte/MG, 7’)
Em Defesa da Família (dir. Daniella Cronemberger, Brasil-Brasília/DF, 24’)
A Gis (dir. Thiago Carvalhaes, Brasil-São Paulo/SP e Portugal-Porto, 19’)

Mostra de Curtas  - COMPETITIVA BR 2 (69’, CLASSIF: 14 anos)
A Vez de Matar, A Vez de Morrer (dir. Giovani Barros, Brasil-Nova Andradina/MS, 25’)
Lightrapping (dir. Marcio Miranda Perez, Brasil-São Paulo/SP, 22’) *hors councours
Diamante, O Bailarina (dir. Pedro Jorge, Brasil-São Paulo/SP, 22’)

Mostra de Curtas  - COMPETITIVA BR 3 (78’, CLASSIF: 14 anos)
De Repente (dir. Bruno Caldas, Brasil-Brasília/DF, 20’)
Piscina (dir. Leandro Goddinho, Brasil-São Paulo/SP, 30’)
Ainda Não Lhe Fiz Uma Canção de Amor (dir. Henrique Arruda, Brasil-Natal/RN, 16’)
Love Snaps (dir. Daniel Ribeiro, Rafael Lessa, Brasil-São Paulo/SP, 14’)

Mostra de Curtas  - COMPETITIVA BR 4 (94’, CLASSIF: 14 anos)
Ocorridos do Dia 13 (dir. Débora Zanatta, Estevan de la Fuente, Brasil-Curitiba/PR, 19’)
Os Cuidados que se tem com o Cuidado que os Outros Devem ter Consigo Mesmos (dir. Gustavo Vinagre, Brasil-São Paulo/SP, 20’) 
Rua Cuba (dir. Filipe Marcena, Brasil-Jaboatão dos Guararapes/PE, 20’) 
O Último Dia Antes de Zanzibar (dir. Filipe Matzembacher, Marcio Reolon, Brasil-Porto Alegre/RS e Dois Irmãos/RS, 21’)
Rosinha (dir. Gui Campos, Brasil-Brasília/DF, 14’)
Outros programas de curtas:

Mostra de Curtas - À FLOR DA PELE (63’, CLASSIF: 14 anos)
Rupturas (ou André e Gabriel) / Ruptures (ou André et Gabriel) (dir. Francisco Bianchi, França, 18’)
Os Corpos Flutuantes / Los Cuerpos Flotantes (dir. Michelle Gualda, Argentina, 15’)
Feliz Ano Novo (dir. Mônica Donatelli, Brasil-Santos/SP, 17’)
Podíamos Ser Pais / Vi Skulle Bli Bra Föräldrar / We Could Be Parents (dir. Björn Elgerd, David Färdmar, Suécia, 15’)

Mostra de Curtas  - ÁSIA EM CHAMAS (76’, CLASSIF: 16 anos)
Um Dia Qualquer / Any Other Day (dir. Srikant Ananthkrishnan, Vikrant Dhote, Índia, 12’)
O Eco das Batidas do Coração / Echo Latido (dir. Jaechul Lee, Coreia do Sul, 16’)
Virgem / Cheotnyo (dir. Hyunho Yoo, Coreia do Sul, 12’)
O Toque do Outro / Touch of the Other (dir. Imaizumi Koichi, Japão, 17’)
Melancia Azeda / Floating Melon (dir. Roberto F. Canuto, Xu Xiaoxi, China/Espanha, 19’)

Mostra de Curtas  CIS & HT (74’, CLASSIF: 14 anos)
Preencha as Lacunas / Texte à Trous (dir. Chloé Marçais, França, 9’)
Quem Tiver Usado Esta Cama / Whoever Was Using This Bed (dir. Andrew Kotatko, Austrália, 21’)
Ainda Sangro por Dentro (dir. Carlos Segundo, Brasil-Uberlândia/MG e São Paulo/SP, 24’)
A Calcinha / La Culotte (dir. Laurent Firode, França, 7’)
O Encanador / Le Plombier (dir. Méryl Fortunat-Rossi, Xavier Séron, França/Bélgica, 14’)

Mostra de Curtas  CORPO CRU (66’, CLASSIF: 16 anos)
Sob Águas Claras e Inocentes (dir. Emiliano Cunha, Brasil-Porto Alegre/RS, 17’)
A outra caixa (dir. Amanda Devulsky, Brasil-Brasília/DF, 10’)
Reparto (dir. Rodolfo Goulart, Brasil-São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ, 6)
Cru (dir. Leandro das Neves, Brasil-Rio de Janeiro/RJ, 13’)
O Corpo Nu (dir. Diego Carvalho Sá, Brasil-São Paulo/SP, 20’)

Mostra de Curtas  CRESCENDO COM A DIVERSIDADE (55’, CLASSIF: Livre)
Xavier (dir. Ricky Mastro, Brasil-São Paulo/SP, 13’)
Colourmakers (dir. Carlos Azcuaga Hernández, México, 9’)
Shala (dir. João Inácio, Brasil-Belém/PA, 11’)
O Chá do General (dir. Bob Yang, Brasil-São Paulo/SP, 22’)

Mostra de Curtas  GIRL PLAY (90’, CLASSIF: 14 anos)
A Fábrica de Bolachas - Torta de Cereja / La Fábrica de Tortas - Pastel de Cereza (dir. Jessica Praznik, Argentina, 15’)
As Colecionadoras / The Collectors (dir. Sabina Jacobsson, EUA, 19’)
Irma - Era Uma Vez no Sertão (dir. Camilla Lapa, Lorena Arouche, Brasil-Recife/PE, 20’)
Quarto para Alugar (dir. Enock Carvalho, Matheus Farias, Brasil-Recife/PE, 20’)
Gabber Lover (dir. Anna Cazenave-Cambet, França, 16’)

HARDCORE BOYZ (95’, CLASSIF: 18 anos)
Alfa (dir. Javier Ferreiro, Cuba, 18’)
Onde é Aqui? (dir. Mateus Capelo, Brasil-São Paulo/SP, 12’)
A Cova / La Tana (dir. Lorenzo Caproni, Itália, 15’)
Salada Mista (dir. Estevan de la Fuente, Brasil-Curitiba/PR, 4’)
O Personagem Dentro em Mim / Die Figur in mir (dir. Andreas Boschmann, Alemanha, 16’)
Brasil Jungle (dir. Antonio da Silva, Brasil/Reino Unido, 10’)
Trouser Bar (dir. Kristen Bjorn, Reino Unido, 20’)
LACRAÇÕES PERIFÉRICAS (93’, CLASSIF: 14 anos)
Cuscuz Peitinho (dir. Rodrigo Sena, Julio Castro, Brasil-Natal/RN, 15’)
Antes da Encanteria (dir. Gabriela Pessoa, Lívia de Paiva, Elena Meirelles, Jorge Polo, Paulo Victor Soares, Brasil-Icó/CE, 21’)
Santa Porque Avalanche (dir. Paulo Victor Soares Pinheiro, Brasil-Fortaleza/CE e Icó/CE, 18’)
Arrasa, Manx (dir. Sofia Amaral, Brasil-São Paulo/SP, 15’)
Rico Dalasam - O Ornitorrinco (dir. Mariana Lacerda, Brasil-São Paulo/SP, 25’)

MIX MILLENNIALS (83’, CLASSIF: 14 anos)
Eu Sou o Machismo Cotidiano / Je Suis le Machisme Ordinaire (dir. Fabrice Roulliat, França, 4’)
Filip (dir. Nathalie Álvarez Mesén, Suécia, 11’)
Tenho Local (dir. Thiago Cazado, Mauro Carvalho, Brasil-Brasília/DF, 19’)
Na Laje / En la Azotea (dir. Damià Serra Cauchetiez, Espanha, 11’)
Fantasma Cidade Fantasma (dir. Pedro Beiler, Brasil-Brasília/DF, 14’)
Foi Ontem / Era Ieri  (dir. Valentina Pedicini, Itália, 13’)
Diversxs (dir. Afioco Gnecco, Jorge Garrido, Espanha, 11’)

TRANS FINÍSSIMAS (73’, CLASSIF: 14 anos)
Diva (dir. Clara Bastos, Brasil-São Paulo/SP, 16’)
Homem / Man (dir. Maja Borg, Suécia, 13’)
Formol 105 (dir. Martín Rodríguez, Espanha, 5’)
As Cores Das Ruas (dir. Felippe Francisco, Brasil-São Paulo/SP, 25’)
Prepara! (dir. Muriel Alves, Brasil-Rio de Janeiro/RJ, 15’)





0 Loucas Pedras Lançadas: