IV Prémio Revista Consciência & Liberdade - A Liberdade Religiosa Na Lusofonia




* Edital do Concurso enviado pela AIDLR



Prefácio 

A Associação Internacional para a Defesa de Liberdade Religiosa (AIDLR) decidiu instituir um prémio para trabalho de investigação e divulgação científica na área da liberdade religiosa, que terá a sua quarta edição em 2016. Este prémio tem o nome “Revista  Consciência e Liberdade”, título da publicação oficial da AIDLR. O objetivo deste prémio é o de promover a investigação científica e incentivar a divulgação de assuntos relacionados com a liberdade religiosa. A área de Ciência das Religiões do Grupo Lusófona é o parceiro científico deste prémio. 


Regulamento

 1.    O “Prémio Revista  Consciência e Liberdade” é atribuído a trabalhos relacionados com os temas da Liberdade Religiosa, nomeadamente  sob as  perspetivas  teológica,  jurídica,  histórica, filosófica  e  sociológica,  e  tendo em especial  consideração o contributo que aportam para a defesa e promoção da liberdade de consciência, de culto e de prática religiosa. 

2.    Podem candidatar-se cidadãos portugueses ou de qualquer outro país que tenha o Português como Língua oficial, em nome pessoal, desde que maiores de 18 anos. 

3.    A abertura anual do concurso ocorre mediante a publicitação de edital, sendo este divulgado no sítio de Internet da AIDLR (www.aidlr.org.pt). 

4.    Os trabalhos devem ser preparados para publicação na revista  Consciência e Liberdade  e redigidos em Língua Portuguesa. 

5. Os candidatos poderão ver o formato e o estilo dos artigos da revista em  www.aidlr.org.pt. 

6.    Cada trabalho deve ser apresentado em formato “Word”, tipo de letra “Times New Roman”, tamanho 12, espaço 1,5, com o número máximo de 10 (dez) páginas. 

7.    Cada trabalho deve ser acompanhado de resumo que não deve exceder as 500 palavras, incluído no formulário de candidatura. 

8.    Os trabalhos devem ser enviados em formato Word, para o correio electrónico: info@aidlr.org.pt. Deve ainda ser enviado um exemplar em papel para a morada: Rua da Serra, 1, Sabugo, 2715-398 Almargem do Bispo, até à data limite indicada no edital correspondente à abertura do prémio em cada ano. 

9.    As  candidaturas  devem  ser  apresentadas  acompanhadas  de  formulário  descarregado  no  sítio  www.aidlr.org.pt  e  de  um Curriculum  Vitae. Cada candidato só poderá concorrer com um trabalho. 

10.    Os trabalhos apresentados são avaliados por um júri de três elementos, composto por um membro da AIDLR, um membro indicado pela direção da área de Ciência das Religiões do Grupo Lusófona e um membro convidado, neste ano o Presidente da Comissão de Liberdade Religiosa de Portugal. 

11.    O prémio tem uma componente monetária no valor de €1000,00 (mil euros), e uma componente de divulgação, concretizada  pela  publicação  do  trabalho  vencedor  na  edição  portuguesa  da  revista  Consciência e Liberdade  e  recomendação de publicação nas edições em outras línguas da mesma revista. 

12.    Não são atribuídos nem prémios  ex aequo, nem prémios a instituições. 

13.    Não podem candidatar-se membros do júri, nem dos corpos sociais da AIDLR, nem membros do corpo docente da área de Ciência das Religiões do Grupo Lusófona, nem membros da Comissão da Liberdade Religiosa de Portugal. 

14.    O júri reserva-se a prerrogativa de não premiar nenhum dos trabalhos entregues, se nenhum cumprir as condições de candidatura ou não apresentar a qualidade científica exigível. 

15.    O prémio será entregue na Conferência promovida pela AIDLR seguinte à abertura do concurso. 

16.    A candidatura pressupõe  a aceitação da possibilidade de  publicação dos trabalhos candidatos  na revista  Consciência e  Liberdade, edições em Português, Inglês, Francês ou Alemão. 17.    A decisão de publicação é editorial e pertence ao corpo de editores da revista  Consciência e Liberdade, segundo a f ilosofia editorial da revista. 

18.    Em caso de publicação, os candidatos serão previamente informados e receberão o respetivo certificado de publicação e uma assinatura da revista. 

19. Os casos omissos serão resolvidos por deliberação do júri. 20. O presente Regulamento está disponível no sítio de Internet da AIDLR.




0 Loucas Pedras Lançadas: