33 R.P.M. - Relicário de Poesia Marginal




LADO A

Barata Cichetto
Inominável Ser
Nua Estrela
Eduardo Amaro
Giovani Iemini
Orfeu Brocco
Joana D’arc
Gigio Ferreira
Jeans B.
Charlie Fialho
Iron Thomé Jorge
Ivan Silva
Carmelo Ribeiro
Lílian Miranda
Micos & Mancos
Luis Perossi
Antônio Carlos Alvim



LADO B

Diego El Khouri
Gigi Jardim
Jorge Bandeira
Miriam Daher
Rhugles Barros
Alejandra Arce
Joanna Franko
Loba
Denise Ávila
Dum de Lucca
Marcelo T.A.
Ayam Ubráis Barco
Diego S.
Airton Souza
Rochett Tavares
Renato Portas
JSanta’Ana


Inomináveis Saudações a todos vós, leitores virtuais!

Esta coletânea reunindo trinta e três autores, com três poemas de cada um, foi lançada no ano de 2014, tendo sido diagramada, impressa digitalmente e encadernada por Luiz Carlos “Barata” Cichetto, Editor da Barata Artesanal.

Trinta e três vozes. Trinta e três mentes. Trinta e três existências. Trinta e três poesias. Quarenta e nove poemas. Obras que portam as experiências de cada envolvido na mesma, versos que em sua natureza apresentam distintas visões sobre a humana realidade. Poderia-se dizer, também, que é um verdadeiro mergulho nas sensações de estranhamento e dúvida, dentro de cada ótica, diante do caótico movimento da Terra.

Não há defesas, há apenas afirmações. Afirmações que trinta e três vezes ressoam causadoras de impactos na leitura que, em camadas, vai fazendo o leitor navegar plenamente em cada particular visão. Algum usuário do Facebook comentou que este livro é “para todos os gostos e desgostos”; certamente, não creio que seja um livro para os que correm atrás de mesmices e negam verdadeiros mergulhos em realidades por eles consideradas como deteriorantes, negativas e marginais.

No entanto, para os que não seguem a cartilha de exigências das mundanas mesmices humanas, este livro de marginais em Poesia é a recomendação mais útil e lúcida para os contemporâneos dias. Não apenas recomendo a leitura dele porque há três contribuições minhas no mesmo, mas pelo todo, o peso, da obra que impressiona por ser dinamicamente atemporal e única.

Um livro para poucos que deveria ser um livro para todos.

Saudações Inomináveis a todos vós, leitores virtuais.


Links:




0 Loucas Pedras Lançadas: