Existe Realmente Uma Verdadeira Liberdade De Expressão Na Internet?




Inomináveis Saudações a todos vós, leitores virtuais.

Bem, a minha página A Vulva De Lilith foi excluída pelo Facebook e estou bloqueado quanto a postar atualizações por um período de três dias. É lamentável que assim tenha ocorrido, mas já recorri da decisão do Facebook em ter excluido aquela página, a qual nada possuía de criminoso, a não ser que agora a nudez artística seja um crime. Está nas Regras daquela rede social uma determinada restrição do conteúdo gráfico publicado, sim, mas se fossem mais cultos e senhores de uma melhor dimensão no que concerne a visões artísticas, compreenderiam o que significa Erotismo e Pornografia, esta última que passou bem longe da citada página.

E existe realmente a tão apregoada liberdade de expressão na Internet mesmo? Ou tudo não se trata de uma imensa mentira que querem meter em nossas mentes? Na Internet somos controlados e maquinam o domínio completo do que publicamos no mundo virtual cada vez mais, de um modo quase imperceptível.

Ao bloquearem minhas postagens, a seguinte mensagem postei após o desbloqueio:

Vou hoje falar sobre liberdade de expressão. Aliás, o que significa expressar-se livremente? É a maneira como nós todos nos expressamos, através da Arte, da Literatura, da Poesia, da Música ou qualquer outro tipo de força expressiva nascida de nosso Eu.

Livres, assim, nós podemos explorar este mundo virtual e o mundo que julgamos ser "real" fora daqui; mas, toda pessoa inteligente, sem ser necessariamente espiritualista ou ocultista, Sabe que O Real não é o que nossos olhos vêem materialmente falando.

Espiritualmente, nós nos expressamos através de um canal de forças genuinamente primais absorvidas pelo nosso inconsciente. Quem é poeta e escritor como eu ou artista de qualquer estilo sabe do que estou a falar. É das vozes que ouvimos e dos textos que lemos, em todas as entrelinhas e sombras, que nós, poetas, escritores, artistas em geral, retiramos a nossa inspiração.

Por que eu estou a falar de liberdade de expressão? Porque, ontem, ao acessar a minha conta, dou com a mesma bloqueada porque postei na página da Vulva de Lilith algumas imagens consideradas pelos termos do Facebook como "inadequadas". Aproveito, então, para esclarecer algumas coisinhas: A Vulva De Lilith é a página de um dos meus blogs, um blog erótico no qual realizo em forma de Arte todos os meus sonhos e os sonhos dos leitores do mesmo, sem cometer um crime ou afetar os "bons costumes sociais". É uma das minhas formas de expressão artística, assim como uma terapia e um modo de desenvolver a mesma. Poetas, escritores e artistas em geral não tem raça, credo, partido político ou cor, são seres que podem ser Tudo e tudo eu sou na Vulva relacionado ao que poeticamente descrevo e defendo.

Eu não precisava me explicar, mas sou senhor da idéia de nada esconder e quem gosta do que escrevo merece que eu dê tal esclarecimento. A citada página acima é para maiores de 21 anos e tem alcançado os seus objetivos de proporcionar sonhos, pois Lilith é um Sonho, o mais primordial de todos os nossos sonhos...

Há perfis aqui no Facebook bem piores do que o meu, disso eu sei; há páginas aqui que se declaram neonazistas e outras coisinhas radicais que eles sequer tem o interesse em excluir. E eu, pela segunda vez, sou bloqueado apenas por causa de imagens sensuais que eles, autoritariamente, excluiram. Fico feliz em saber que estou sendo vigiado, isso é tão bom...

Será que vou durar por aqui por muito tempo? Vou procurar me policiar, mas digo a vocês: não faço isso por me adequar ao sistema do Facebook, mas porque este é um grande meio de divulgação de trabalhos virtuais, que está no topo das redes sociais. Não que eu vá agora postar fotos infantis ou escrever coisinhas lindinhas cor-de-rosa, mas vai haver uma moderação dos punhais que são as minhas mãos...

Meu perfil foi bloqueado apenas por causa de fotos de nu artístico na semana que passou; antes, por causa de nus de pinturas de Adolphe William Bouguereau há uns dois anos...

E eu pergunto a vocês: por que é que o Facebook não bloqueia ou extingue as páginas do tal grupo Black Bloc que defende o vandalismo, o saque e a violência nas manifestações pelo Brasil?

Quais são os critérios de classificação de nível de "normalidade" utilizados pelo pessoal que toma conta desta rede social para dizer o que ofende ou não ofende algo ou alguém se páginas como as do grupo citado acima são mantidas por aqui?

Defender a violência é liberdade de expressão? Por que a exibição de vaginas em fotos não seria assim considerada por eles, também?

Raciocinem comigo e respondam aqueles que estão cientes do que é ser bloqueado no Facebook.

E também respondam a este post todos aqueles que pensam como eu e que crêem, também, que não há liberdade de expressão verdadeira, VERDADEIRA, na Internet.

Saudações Inomináveis a todos vós, leitores virtuais.


0 Loucas Pedras Lançadas: