O Oculto Verdadeiro Sentido Do Sexo Historicamente Comprovado - Parte VII


O Rito De Iniciação Do Satanismo Tradicional


(O Mestre saúda o candidato e diz:)

Você, o sem nome, veio aqui para receber aquela iniciação dada a todos que desejam a grandeza de nossos deuses sinistros!


(O Mestre beija a Senhora da Terra, que beija o Padre-Altar [ou Sacerdotisa]. O Mestre diz então:)

Você o sem nome veio se dar a nós e sua indagação: Lacrar com um juramento sinistro as convicções e práticas desse templo de Satanás.


(O Mestre vira à congregação, faz o sinal do pentagrama invertido em direção e eles com a mão esquerda dele, e diz:)

Eu o saúdo a todos em nome de nosso Príncipe. Deixe as legiões dele virem testemunhar isto, nosso rito Satânico! Veni omnipotens aeterne diabolus!


(A congregação repete o Cânticos `Veni ' depois do qual a Senhora da Terra diz:)

Dance, eu o ordeno! E com a batida de seus pés Eleve as legiões de nosso Senhor e os Deuses Escuros que assistem esse ritual!


(A congregação agora dança, e canta o Diabolus . Enquanto eles dançam que o Mestre eleva um cálice e diz:)

Você o sem nome veio quebrar as correntes que o prendem!


(A Senhora da Terra remove o artigo de vestuário do candidato que fica nu. O Mestre se aproxima, põe o cálice em seus lábios e diz: ' Beba! ' O candidato bebe o vinho. A congregação continua a dançar e cantar até que a Senhora da Terra eleva os braços dela como um sinal para que eles parem. Ela diz então:)

Junten-se em círculo, minhas crianças, e sintam a carne de nosso presente!


(O círculo envolve o candidato o cobre com as mãos dos participantes em cima de todos seu corpo. Enquanto eles fazem isto e riem, o Mestre canta o ' Veni' em vários tempos. A Senhora da Terra bate palmas duas vezes a congregação para e se afasta. Ela beija o candidato [se macho ou fêmea] e diz:)

Nós regozijamos que você veio nos semear com seu sangue e presentes.

Nós, a família do Caos, damos boas-vindas, agora sem nome. Você é o enigma e eu a resposta de sua indagação. Nós, os amaldiçoamos, e damos boas-vindas a aquele que ousou desafiar. No princípio havia sacrifício mas agora nós temos palavras que podem o ligar você por todo o tempo em nós. No início - nós éramos . Em sua indagação - nós somos. Antes de você - nós existimos. Depois de você - nós ainda existiremos . Antes de nós - Eles nunca foram nomeados . Depois de nós - Eles somente esperarão. E você por este Rito será um de nós. Nós usamos os trajes negros pois essa é a cor desse mundo que chamamos de Terra.


(O Mestre se levanta ante ao candidato e diz:)

Você aceita a lei como decretada por nós?


(O candidato responde:)

Sim.


Mestre:

Você se liga com palavra, ação e pensamento, em nós a Semente de Satanás sem medo algum ?


R:

Sim


Mestre:

Você afirma na presença deste ajuntamento que eu sou seu Mestre é e que ela que está ante você é sua Senhora?


R:

Sim.


Mestre:

Então sua palavra , sua vontade! Veja! Ouça! Conheça!


(O Mestre aponta ao candidato e a congregação se junta ao seu redor e o toca novamente. Depois disto, a Senhora da Terra remove a venda dele. O Mestre diz ao candidato:)

Você renuncia o Nazareno Yeshua o decaído, e todos os seus trabalhos?


R:

Eu renuncio Yeshua o enganador e todos os seus trabalhos.


Mestre:

Você afirma Satan?


R:

Eu afirmo a Satan.


Mestre:

Satan cujo palavra é Caos?


R:

Satan cuja palavra é Caos.


Mestre:

Então quebre este símbolo que nós detestamos.


(O Mestre dá para o candidato uma cruz de madeira adequadamente suja que o candidato quebra lançando ao solo.)


Mestre:

Agora receba como um símbolo e sinal de seu novo desejo. De seu juramento a este sigilo de Satanás. Este poder que eu como Mestre esgrimo e sempre será uma parte de Você - um símbolo para esses que podem ver e o Marca de nosso Príncipe.


(A senhora da Terra dá o frasco de óleo ao Mestre que localiza o sinal do pentagrama invertido na fronte do candidato e vibra enquanto faz isso o nome que o candidato escolheu. A Senhora da Terra está então atrás do candidato e desenha com o dedo indicador esquerdo dela, o sigilo do Templo nas costas do candidato, cantando ' Agios o Satanas'. Se o Templo não possui sigilo, ela desenha o pentagrama invertido. Se o candidato é masculino, ela agora o beija na fronte, então nos lábios, no tórax e no pênis. Se o candidato é fêmea, ela a beija na frente, em cada peito, e na pubis. Ela agora bate as mãos uma vez e este é o sinal para o Guardião avançar. Feito isso ela diz ao candidato:)

Agora você deve ser ensinado com a nossa sabedoria!


(O Guardião prende o candidato e com sua arma força ele a se ajoelhar ante a Senhora da Terra, que ri e diz para a consagração:)

Veja, tudo que você recolheu de meu Templo: aqui é que ele pensou Ele soube nosso segredo - e ele o admirou secretamente , mas vejam como nossa força o supera!


(A Congregação ri enquanto o Mestre põe a venda no candidato novamente. O Guardião então amarra as mãos do candidato com corda. A Senhora da Terra então sussurra para o candidato, dizendo: ' Agora, mantenha o seu silêncio e por máximo! ' A congregação e a licença Guardiã o Templo. O Mestre tem uma relação sexual então com a Sacerdotisa no altar [ou se o candidato é fêmea, A Senhora da Terra tem uma relação com o Padre]. Em ambas as versões, esta tarefa pode ser delegada a uma membra da congregação, escolhida antes do ritual pelo Mestre ou Senhora. O sócio masculino ou feminino permanece no Templo enquanto a congregação parte. Depois do ato, a Sacerdotisa [ou Padre] é ajudado a sair do altar, e o Mestre e a Senhora [ ou se presente a sócia escolhida para executar no lugar deles] deixam o Templo. A Sacerdotisa [ou Padre] então se aproxima , dizendo:)

Receba de mim e por mim o presente de sua Iniciação Assim foi, e assim é, e assim deve ser novamente.


(Ela então remove a venda do candidato e a relação sexual acontece. Depois disso , a Sacerdotisa [ou Padre] vai buscar a bata negra do altar e veste o candidato. Ela [ou ele] então brevemente sai do Templo para anunciar a todos a congregação ' Está acabado de acordo com nossos desejos! Todos então retornam para o Templo, e cada um saúda o novo Iniciado com um beijo. Os cálices são dados , e os sócios erguem em saudação conforme desejarem.)


in: O Livro Negro De Satan

Conrad Rodbury

pags. 23-26



O Satanismo Tradicional e seus Ritos são todos fundamentados no Poder Da Sexualidade. Seus objetivos dirigem-se para Baixo, para o Fundo Do Abismo, diretamente, fazendo com que os seus membros neguem todas as luzes advindas do exterior e afirmem as luzes de Satan, da Deusa Baphomet e das Entidades conhecidas como Os Inomeáveis, os Deuses Escuros que para eles são assim denominados. Os Ritos Satânicos Tradicionais são de resultados imediatos, pois as vibrações exaltadas tendem a elevar os objetivos aos quais os mesmos se propõem. No Rito acima, é dedicada tamanha concentração de todo o corpo templário para a consagração do Neófito, uma reunião das Energias prontamente dispostas ao moldurar específico da integração espiritual dele com os movimentos que se sucedem. A Carne é um referencial importante, pois lembremos que o Satanismo, tanto o Tradicional quanto o Moderno, é uma filosofia afirmativa da materialidade, da vida encarnada, do aqui, do agora, do eterno viver do presente e de todos os seus prazeres, existindo apenas a concentração na coleta das sementes plantadas em terrenos que frutificam em formas satisfatórias dos anseios e desejos de seus seguidores. Tanto uma quanto outra vertente possuem um Caráter Esotérico reservado para poucos, Caráter este que é bem mais interessante do que os "satanismos" que se encontram à vista de todos pela Internet e fora da Internet, que mais provocam gargalhadas nos estudantes sérios do Ocultismo do que grandes atenções; creio que o que externamente vemos dos grupos satanistas sérios (como a Associação Portuguesa De Satanismo, que segue o Satanismo Moderno em suas concepções modeladas a partir de Anton Szandor LaVey; de minha parte, há uma simpatia por esta Associação, pois transmite apenas a Verdade acerca do que é realmente o Satanismo que, aos olhos dos indivíduos vulgares deste mundo que se imbecilizam e alimentam cada vez mais a sua ignorância, apenas serve de capa para a proliferação de assassinos, pedófilos e pervertidos; e é mais confiável do que TODOS os grupos satanistas existentes aqui no Brasil, os quais não me atraem em nada) apenas serve para acobertar o Círculo Interno dos mesmos grupos, formando com um rigor que visa a afastar os tipos degenerados e existencialmente incoerentes para com a sua Natureza Esotérica um seleto grupo de Iniciados.


Esta Natureza Esotérica é exercida em sua plenitude ritualísistica, Realizando, Animando, Formando, Elevando, Instituindo O Satan Interno De Cada Ser Como Representação Flamejante Da Energia Que Corre Pelas Veias Da Terra Como Libertadora Das Mentiras Do Anti-Natural, A Energia Que É Uma Parte Da Antiga Energia Da Terra, A Energia Denominada Satan. O Rito De Iniciação Do Satanismo Tradicional, como todos os Ritos desta vertente dos Filhos De Satan, Partícipe dos Mistérios Esotéricos contidos Neste Ser, tem no sexo uma Fonte De Poder extraordinariamente fundamental, pois os jogos e os êxtases sexuais, contendo as aspirações de cada participante na conclusão efetiva das Operações Esotéricas postas em ação, preenchem o foco, que é o Neófito, de Poder, de Encontro com Satan, Esta Energia Natural, Libertadora, Amante Da Carne, Amante Da Revelação Existencial Do Ser Materialmente Encarnado, Amante Dos Prazeres Materiais, Doador De Força Que Se Rebela Contra O Anti-Natural. Sendo Poder Da Natureza, o êxtase concentrado e fundido ao Espírito do Neófito dota-o de contato com o Ser De Satan, que se manifesta em cada músculo de seu corpo na forma do desejo pela pele da Sacerdotisa (em se tratando de um homem) ou do Padre (em se tratando de uma mulher). Em ambos os casos, aquele ou aquela que introduzido é no Templo Satânico corresponde ao Chamado Do Abismo, Fazendo-Se Um Com Satan E Sendo O Próprio Satan.


A importância do corpo para os satanistas tradicionais está exposta em um trecho de outro Rito de sua Ordem Iniciática, o do Sacrifício:



Depois do Cântico, a Senhora da Terra unta o corpo do Padre com o óleo enquanto o a congregação caminha, como antes, cantando o Diabolus. Depois de untar, a Sacerdotisa e a Senhora da Terra removem seus próprias batas, a Sacerdotisa desperta então o ' fogo ' secreto do Padre com seus lábios - contudo sem o levar ao êxtase. Quando ela estiver satisfeita, ela sinaliza ao Guardião que ergue o Padre do altar e o force a se ajoelhar ante a Sacerdotisa. O Mestre ajoelha então ante a Senhora da Terra e a congregação para de cantar e se junta formando um círculo ao redor. A Sacerdotisa imita a Senhora da Terra em palavras e ações só que no Padre.


(A Senhora da Terra coloca suas mãos sobre a cabeça do Mestre do Templo e diz:)

A proteção e os fluidos de seu corpo são o que busco


(A Senhora da Terra abre suas coxas , a boca do Mestre. O Guardião força o Padre a fazer o mesmo com a Sacerdotisa. Então, a Senhora da Terra o afasta e diz:)

Já que me usou deves agora morrer!


Mestre:

Eu verto meus beijos a seus pés e me ajoelho ante você

Que esmaga seus inimigos e que se banha em uma bacia cheio do sangue de seus opositores.

Eu ergo meus olhos para contemplar a beleza que há em seu corpo.

Você que é a filha e um Portal para nossos Deuses Escuros:

Os Inomeáveis.

Eu ergo minha voz perante sua pessoa,

Ante você, minha irmã, e ofereço do meu corpo

A semente do Mago para alimentar sua carne de virgem.


Senhora da Terra:

Me beije e eu o farei como um guia para sua perdição.

Me toque e eu o farei como uma forte espada que corta e mancha minha Terra com sangue.

Me prove e eu o farei como uma semente de milho que cresce para o sol e nunca morre.

Me are e me plante com sua semente

E eu o farei como um Portal que se abre a nossos Deuses!


(A Senhora da Terra vai ao Padre e sussurra a ele:)

Me use, pois eu e ela‚ ambas somos suas!


(Ela remove a venda e então e o empurra nos braços da Sacerdotisa. Ela tem uma relação sexual então com o Mestre do Templo enquanto a congregação recomeça com o seu lento caminhar cantoria. Depois que o padre alcançar o êxtase , a Senhora da Terra diz:)

Assim você semeou e seus presentes semeados darão frutos.

Você será obediente a estas palavras.



A Magia Negra Mais Pura é a que se encontra no Satanismo Tradicional e não há neste segmento do Satanismo nenhuma mescla ou resquícios de mesclas com outras Doutrinas do Caminho Da Mão Esquerda. A diferença para com Thelema é que esta Doutrina, a utilizar elementos da Magia Sexual com muita propriedade e profundidade, possui objetivos de Transcendência Para Cima e não de Transcendência Para Baixo, como é o caso dos satanistas tradicionais. Mas, os ignorantes confundem os thelemitas com satanistas, tradicionais ou modernos; satanistas tradicionais com satanistas modernos; satanistas, tradicionais e modernos, com magistas noturnos; e magistas noturnos com thelemitas. São Caminhos Iniciáticos completamente diferenciados, cujo único ponto em comum é o objetivo da utilização da Magia Sexual e suas Potencialidades Ocultas para o alcance da Harmonização Interior e Exterior. Satanistas, thelemitas e magistas noturnos são todos seguidores do Caminho Da Mão Esquerda, com metas e objetivos internos diferenciados, com Ritos e Doutrinas que apenas se tocam e se confundem, nas mentes ignorantes, quanto ao papel do sexo. São todos Filhos Noturnos, fazem-se Presentes como si mesmos em seus Existires e não temem a Névoa e nem a ignorância dos Não-Iniciados, dos que fazem parte do gado, as pessoas comum deste nosso mundo apenas ocupadas com o ir e o vir comuns de todos os seres e de todas as coisas. Para eles, o sexo é o exercício mais natural da liberdade; alguns podem praticá-lo apenas por prazer e outros para o alcance daquele Êxtase Maior que apenas os mais Evoluídos podem Conceber em si mesmos e Compreender Acima De Si Mesmos em seus Interiores. Como dito, há muitas diferenças entre as concepções iniciáticas destes seguidores do Caminho Da Mão Esquerda aqui considerados e as das demais vertentes deste Caminho, conhecidas e desconhecidas. O que importa reconhecer é que, tal como os seguidores da Sabedoria Antiga no tempo antigo onde o Natural ainda predominava, satanistas, thelemitas e magistas noturnas Compreendem o Poder Sexual como A Maior Das Grandezas Naturais.


Aos thelemitas, uma visão da Caminhada de Aleyster Crowley neste mundo pode ser aqui citada a partir de uma observação do livro de Marcos Torrigo já anteriormente citado, à página 57:



Crowley estudou e praticou o Vampirismo, mas de uma forma extremamente sublime, praticamente incompreensível para o não-iniciado. O sangue, como o sexo, é uma fonte incrível de poder, e a junção dos dois é o elixir rubro dos alquimistas, o sangue dos santos na taça de Nossa Senhora Babalon. A vida nasce do sangue, a junção do espermatozóide com o óvulo, ou seja, da energia prânica e das entranhas do próprio ser. Este ciclo é regado pela Lua de sangue, a menstruação; a Lua Nova, a face escura da Lua; Hecate, a bruxa e feiticeira, Lilith. O sangue é usado em rituais desde tempos imemoriais, fonte da vida, o fluxo que une mãe e filho. O melhor sangue é o da Lua mensal, de acordo com o Livro da Lei, o grimório de instruções mágicas da nova era.


A partir desta citação, posso aqui inserir a aplicação de um pensamento particular adquirido a partir de minhas experiências como magista noturno. É um Caminho solitário, duro, cheio de perigos como todos os que Insistem E Resistem Nele; este Caminho exige paciência, disciplina, muitos estudos e atenções para com o equilíbrio interno e externo, para com a consciência e a inconsciência, já que explorar o Abismo Interior possui os seus prós e contras, ativando determinadas correntes contrárias que devem ser domadas a qualquer custo; não traz resultados imediatos e nem perceptíveis à primeira vista, sendo que os mesmos se traduzem, no meu caso, no fortalecimento da Vontade, da minha Energia Interna e no desenvolvimento de minha escrita; não é um Caminho para a busca de riquezas e de poder materiais, mas de Conhecimento, Riqueza E Poder Espirituais. Meus poucos leitores já devem ter notado a influência noturna em muitos dos meus escritos e, principalmente, nos blogs Cova Abismal De Poemas Sombrios, Cova Abismal De Contos Sombrios, A Vulva De Lilith e Lágrimas Dos Deuses Que Não Somos; no entanto, em todos eles, até no Jardim, há uma Parcela Noturna, ocultada, sutil, que anuncia minha Filiação Espiritual à Grande Noite. Apenas isto aqui pode ser revelado, O Mais Que Há, claro, não deve ser por mim dito; e todos os ocultistas, em geral, apenas introduzem a superfície da capa de seus livros e não o conteúdo abismal do miolo dos mesmos. Sem hipocrisia e sem moralismo, admito seguir o Caminho Da Mão Esquerda (o que muitos já devem ter notado com clareza e olhos bem abertos), colhendo as minhas próprias Luzes a partir das minhas Trevas e lançando as minhas Trevas em direção às minhas Luzes e Encontrando As Luzes Nas Trevas E As Trevas Nas Luzes; aos que não temem cavar e escavar as suas Covas Interiores, o seu Mundo Interior, o seu Abismo Interior, recomendo tal Caminho, que, como afirmado no post anterior, é tão digno e autêntico como o Caminho Da Mão Direita, por ser do Natural, por ser uma Manifestação Do Um. Por seguir tal Caminho, também sou confundido com um satanista e um thelemita por causa de alguns pontos em comum, além da visão naturalista da sexualidade, que tenho com o que eles seguem; não me ofendo ou me preocupo muito com isso, mas prefiro ser mesmo definido como magista noturno ou, simplesmente, ocultista, já que as denominações nunca poderão medir o nível de experiência e de profundidade iniciáticas de um Neófito, de um Iniciado ou de um Adepto ou Mestre ou Arquimestre ou Iluminado. Não falo por todos os magistas noturnos, porém, considero justo deixar aqui a minha visão particular e um trecho de conclusões intuitivas adquiridas a partir de minha Comunhão com A Serpente Lilith, tão próxima da Leoa Babalon e da Loba Hecate, As Três Em Uma, Uma Em Três.



Concebida de maneira natural a sermos plenamente livres dos moralismos cridos pela sociedade comum, a Magia De Lilith, Esta Grande Fêmea Da Criação, faz com que O Corpo, nosso instrumento de Poder, quando visto como mais do que um simples amontoado de órgãos mecanicamente dispostos, alcance A Plenitude Eterna. O que é uma Plenitude além da Sublime Forma De Ser Muito Mais Do Que O Comum Humano? O que é O Eterno além de Ser Algo Que Nos Posicione Acima Das Transcendências E Imanências De Nós Mesmos? Lilith, Serpenteando, ensina um Caminho de exaltação do Corpo que não é simplesmente moldado pela ativação pura e simples da sexualidade em orgias, em fodas ocasionais, em perda pura e simples de esperma (no caso dos homens) e de sangue (no caso das mulheres).


Lilith quer o nosso encontro com O Outro Corpo, O Verdadeiro Corpo, nosso próprio Corpo Superior, inexplorado, ocultado, envolto em míriades de celas que aprisionam-nos ao mero contato superficial com as coisas do sexo. E, quando falo em sexo, também falo da masturbação, do Auto-Erotismo, uma válida forma de expansão da consciência e manipulação de energias internas. Penetrar, ser penetrada, ser penetrado, masturbar-se... Sim, tudo isso, devotado a Lilith, em intenção de Lilith, coroando Lilith como A Senhora Nossa De Cada Foda, A Senhora Nossa De Cada Masturbação, é de uma esplendorosa evolução. Ela concede uma via de fatores libertantes e Ela mesma é A Via Libertante, uma das várias, uma das infinitas, Em Uma Via Libertante.


Essa devoção a Ela, no entanto, não deve beirar o fanatismo e nem se pode vê-La como nossa babá. Lilith não é uma babá, assim como todos os Deuses Noturnos, do Abismo aos Infernos, não o são; Lilith quer nos ver no Guerrear, enfrentando nossas limitações de prontidão para sempre erguermo-nos e caminharmos, moldando O Corpo com todas as mais necessárias Armas. Poderosamente, pensem que Ela é o seu próprio corpo, que Ela está em vosso pau, que Ela está em vossa buceta, que Ela está em vosso cu, que Ela está em vossos lábios, que Ela está em vossos seios, que Ela fode quanto tu fodes, que Ela goza quando tu gozas, que Ela está dentro de cada buceta penetrada, que Ela está dentro de cada cu penetrado, que Ela é cada boca que se faz formidável chupando um seio, chupando uma buceta, chupando um cu, chupando um pau, em cada mão na masturbação a manipular a própria buceta, o póprio cu, o próprio pau...


Incorporem em si A Grande Fêmea, seduzam A Grande Fêmea, Corporifiquem-Se Como A Grande Fêmea.


O Corpo...


Alcancem O Corpo...


O Verdadeiro Corpo...


Reduzam a cinzas o Antigo Corpo...


Celebrem O Novo Corpo...


Masturbem-se, explorem as possibilidades ocultas da masturbação...


Fodam, mas com a consciência da exploração das possibilidades ocultas das fodas...


Chupem A Vulva Dela


Entreguem-se à Vulva Dela...


Gemer...


Gozar...


Gemer...


Gozar...


Gemer...


Gozar...


Realizar O Ritual Da Descoberta...


Ritualizar...


Descobrir...


Ritualizar...


Descobrir...


Ritualizar...


Descobrir...


Qual Ritual?


Qual Descoberta?


Descubram por vós mesmos, vós não sois crianças e eu não sou um professorzinho medíocre para ensinar-lhes como se deve ser diante de Lilith. Digo apenas que, qualquer forma sincera, a mais sincera, a verdadeiramente sincera advinda do mais profundo patamar d'alma, de contato com Ela, é dourada como os raios todos dos sóis brancos universais e fecunda como as coroas todas de calores dos sóis negros universais refletindo sublimemente as suas luzes nas luas negras universais...



Dinamicamente, a Verdadeira Compreensão das palavras acima é exercita pelo Interno.


Mas, antes, o Interno precisa ser exercitado.


Tu, leitor virtual, exercitas O Interno?


Tu, leitora virtual, exercitas O Interno?


Tu, leitor virtual, corajoso és para explorar vosso Abismo Interior?


Tu, leitora virtual, corajosa és para explorar vosso Abismo Interior?


Ela me pede, carinhosamente, que para vós eu aqui deixe um recado vulvisticamente inspirado...



Como Serpente Das Libertárias Terras Eu Vou Degenerando A Vastidão Dos Mundos


A Devassidão É Sagrada.


A Degeneração É Sagrada.


A Depravação É Sagrada.


A Depredação É Sagrada.


A Destruição É Sagrada.


Devassidão Salva.


Degeneração Salva.


Depravação Salva.


Depredação Salva.


Destruição Salva.


Devassos, Me Cultuem!


Degenerados, Me Cultuem!


Depravados, Me Cultuem!


Depredadores, Me Cultuem!


Destruidores, Me Cultuem!


Sou A Inimiga Do Cordeiro E A Amante Do Dragão, Aquela Que Serpenteia Através Do Sangue Da Grande Razão!


Sou A Combatente Estrelada Das Coisas Cristãs E Das Coisas A Mais Religiosas Que Agridem Ao Natural!


Sou A Filha Feroz Que Serpenteia Do Natural E As Minhas Escamas Surgem Na Fronte Do Negro Alvorecer Dos Mundos Que Visito!


Sou A Mãe Da Devassidão, A Mãe Devassa!


Sou A Mãe Da Degeneração, A Mãe Degenerada!


Sou A Mãe Da Depravação, A Mãe Depravada!


Sou A Mãe Da Depredação, A Mãe Depredadora!


Sou A Mãe Da Destruição, A Mãe Destruidora!


Sou Lilith Devassa, Devassidão Para Libertar A Alma!


Sou Lilith Degenerada, Degeneração Para Libertar A Alma!


Sou Lilith Depravada, Depravação Para Libertar A Alma!


Sou Lilith Depredadora, Depredação Para Libertar A Alma!


Sou Lilith Destruidora, Destruição Para Libertar A Alma!


Sou A Serpentina Libertadora E A Serpentina Liberdade, Quando Cheirarem Um Cu, Quando Cheirarem Uma Buceta, Quando Cheirarem Um Pau, Lembrem Da Minha Serpentina Libertação!


Sou A Serpente Libertada, A Concupiscência Necessária, Quando Foderem A Dois, Quando Foderem A Três, Quando Foderem Com Muitos Mais, Quando Foderem Com Animais, Lembrem Da Minha Face De Serpente A Libertar!


Sejam Devassos, Eu Aconselho!


Sejam Degenerados, Eu Aconselho!


Sejam Depravados, Eu Aconselho!


Sejam Depredadores, Eu Aconselho!


Sejam Destruidores, Eu Aconselho!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Todos Os Filhos Meus Que Assim Libertei!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Toda Devassidão Dos Filhos Meus!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Toda Degeneração Dos Filhos Meus!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Toda Depravação Dos Filhos Meus!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Toda Depredação Dos Filhos Meus!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Toda Destruição Dos Filhos Meus!


Eu, Lilith, Me Alegro Com Este Devasso, Degenerado, Depravado, Depredador E Destruidor Inominável Filho Meu!


Sejam Como Ele!


Ou Sejam Como Ainda São: Fracos, Impotentes, Humanos E Mortais!


Sejam Como Eu!


Ou Sejam Como Vosso Atual Ser: Crentes, Ateus, Inúteis E Verminosos!


Serpente Eu Sou!


A Serpente Lilith!


A Serpente Lilith!


A Que Pica E Envenena Para Salvar E Fazer Retornar À Fonte Plena!


Inominável Ser

SERPENTE

LILITH



Sibilem, Sibilem, Sibilem...


No próximo post, veremos o sexo como tratado à época da Contracultura, a busca da Transcendência através das drogas, do Ocultismo e do sexo, na oitava trajetória nossa em busca afirmadora do Oculto Verdadeiro Sentido Do Sexo.


Links:

Satanismo Tradicional - Morte Súbita

Satanismo Moderno - Morte Súbita

Satanismo Tradicional Ou Moderno: Como Diferenciar? - Morte Súbita

Thelema.org

The Order A.'.A.'.

Os Poderes Da Noite - Morte Súbita

Lilith, A Deusa Da Noite







0 Loucas Pedras Lançadas: