Conheça O Seu Inimigo!!!


Huh
Yeah, we're comin' back then with another bombtrack
Think ya know what it's all about
Huh
Hey yo, so check this out
Yeah
Know your enemy

Come on

Born with insight and a raised fist
A witness to the slit wrist, that's with
As we move into '92
Still in a room without a view
Ya got to know
Ya got to know
That when I say go, go, go
Amp up and amplify
Defy
I'm a brother with a furious mind
Action must be taken
We don't need the key
We'll break in

Something must be done
About vengeance, a badge and a gun
'Cause I'll rip the mic, rip the stage, rip the system
I was born to rage against 'em
Fist in ya face, in the place
And I'll drop the style clearly
Know your enemy...Know your enemy

Yeah

Hey yo, and dick with this...uggh
Word is born
Fight the war, fuck the norm
Now I got no patience
So sick of complacence
With the D the E the F the I the A the N the C the E
Mind of a revolutionary
So clear the lane
The finger to the land of the chains
What? The land of the free?
Whoever told you that is your enemy

Now something must be done
About vengeance, a badge and a gun
'Cause I'll rip the mic, rip the stage, rip the system
I was born to rage against 'em
Now action must be taken
We don't need the key
We'll break in

(Maynard James Keenan of Tool)
I've got no patience now
So sick of complacence now
I've got no patience now
So sick of complacence now
Sick of, sick of, sick of, sick of you
Time has come to pay...

Know your enemy

Come on
Yes I know my enemies
They're the teachers who taught me to fight me
Compromise
conformity
assimilation
submission
ignorance
hypocrisy
brutality
the elite
All of which are American dreams
All of which are American dreams
All of which are American dreams
All of which are American dreams



Estou interessado em expressar minhas idéias através da arte, porque a música tem o poder de cruzar fronteiras, quebrar barreiras militares e estabelecer um diálogo real.

Zack De La Rua

Vocalista do Rage Against The Machine




Revolucionárias Saudações a todos vós, leitores virtuais.



A música acima, Know Your Enemy, é a mesma que apresenta-se postada como a trilha sonora deste blog há pelo menos mais de um mês. Por que a mantive tanto tempo aqui? Bem, os motivos referem-se ao momento mundial, ao instante mundial, ao insistente cair e decair, cada vez maior, do panorama social mundial. Não sejamos tolos e nem sejamos imbecis a ponto de crermos que as letras das músicas da incendiária banda Rage Against The Machine refiram-se apenas ao sistema ianque de ser das coisas, ao território, unicamente, dos Estados Unidos da América. O terreno pode ser este país, mas a mensagem das músicas da banda, às mentes atentas, é universal, refere-se tanto ao chinês que se sente oprimido por aquele governo autoritário no qual ele vive quanto ao pobre favelado espancado pela Polícia em qualquer favela ou morro brasileiro. A letra da música acima é uma chamada à realidade, uma infinita chamada à realidade, realidade existencial de todos que explorados são pelo que se convenciona chamar de sistema. Mas, quem elege o sistema? Quem afirma que o sistema é sempre melhor do que tudo? Quem reconhece que o sistema está sempre acima de tudo? Quem não tem a coragem, na maioria das vezes, de lutar contra o sistema que oprime? Quem aceita toda mentira contada pelo sistema, diariamente, como supostas melhoras de condições sociais e de segurança e de saúde e econômica da população? Quem, além de nós mesmos, é o responsável pelo alimentar do inimigo que nos oprime, engana, amortece, embota e imbeciliza?



Tu, aí, já parou para pensar o porquê de reclamar tanto da existência neste mundo, se tem dificuldades em tudo, economica e socialmente falando?



Já parou?



Tu, aí, já olhou, em verdade, nos olhos de um político hipócrita que de quatro em quatro anos, como agora, promete tudo e, quando ganha, nem olha para a tua cara?



Já olhou?



Tu, aí, já meditou sobre as mentiras contadas pelos presidentes acerca do aprimoramento econômico deste nosso país de misérias e fomes e desgraças e tragédias?



Já meditou?



Tu, aí, já incentivou alguma medida de combate às mentiras que se secularizam acerca da nossa realidade e da realidade deste nosso mundo, como um todo, que sempre dá razão aos conquistadores sanguinários e não aos conquistados massacrados?



Já incentivou?



Tu, aí, já fez algo, mesmo escrevendo em um blog como este Inominável Ser e outros escrevem, para tentar pelo menos fazer um outro Ser refletir acerca da verdadeira realidade que o cerca?



Já fez?



Tu, aí, já decidiu se quer ser sempre uma ovelha ou um lobo que devora o sistema mentirosamente construtor de ilusões extremas?



Já decidiu?



Tu, aí, tencionas verdadeiramente lutar contra o crescimento da violência, uma violência que a qualquer dia pode te atingir através de uma bala perdida, uma facada, um assalto, um estupro, um roubo ou um assassinato?



Tencionas?



Tu, aí, ages, mesmo, como dito acima, escrevendo neste mundo virtual cheio de seguidores cegos do sistema e das coisas fáceis e escravizantes do mesmo contra o mesmo?



Ages?



Tu, aí, se importa com o fato de estar sendo enganado diariamente pelos poderes que deixastes crescer a ponto de ditarem o vosso acordar, o vosso adormecer, o vosso deitar, o vosso caminhar, o vosso alimentar-se e o vosso pensar?



Se importa?



Tu, tu mesmo, tu aí mesmo, sabe do que estou a falar?



Tu sabes?



Sabes, brasileiro explorado?



Sabes, brasileira explorada?



Sabes, brasileiro enganado?



Sabes, brasileira enganada?



Sabes, brasileiro iludido?



Sabes, brasileira iludida?



Sabes, brasileiro escravo?



Sabes, brasileira escrava?



Grau de investimento?



Que grau de investimento?



Pré-sal e auto-sustento?



Que auto-sustento?



Olhe em vosso redor, ei, vejas ali, não é um mendigo que está a lixo comer perto de ti?



Olhe em vosso redor, ei, vejas ali, não é um homem sendo preso e espancado apenas porquê montou uma barraca de camelô em um lugar errado?



Olhe em vosso redor, ei, vejas ali, não é um homem sendo preso apenas porque roubou em um supermecado um frasco de leite para seus filhos porque está desempregado e não pode comprar de seu bolso?



Olhe mesmo, tu aí, tu aí mesmo, e reflita, veja o quanto és enganado pela mídia, pela banda podre da mídia, a banda podre que age a favor da tática de iludir a população com as falsas mentiras acerca de "estupendo desenvolvimento nacional". Perguntar para o Lula o que que há de verdadeiro, afinal? Ah, ele faz um papel de bobo da corte, de um ágil instrumento controlado pelas corporações ocultas que realmente governam este país e o mundo inteiro, corporações que são o coração de um sistema mundial que atualmente está abalado pela crise nos Estados Unidos. A crise não pode chegar aqui? O presidente, o nosso presidente falou isso? Tu, aí, acreditas nisso mesmo? Acreditas? Quantas mentiras... Quantas mentiras... Quantas mentiras... O engodo sistemático torna mais repulsiva a dominação e a exclusão social dos mais pobres, seja aqui no Brasil, seja nos Estados Unidos, seja em qualquer lugar deste nosso mundo. É o engodo servidor da manutenção das potências dominantes corruptoras da sua mente, ou tu achas que teu pensamento é teu pensamento? Já parastes para pensar nisso? Já te impulsionastes a pensar nisso? Já fizestes um esforço, por menor que fosse, para pensar nisso? Não? Então, amiga, tu mereces ser um imbecil enganado pelo sistema de coisas do mundo. Então, amigo, amiga, tu mereces ser também um imbecil enganado pelo sistema de coisas do mundo. Ah, mas tu achas que estás feliz apenas porque sua situação econômica aparentemente melhorou? Ora, ora, ora, tu és um acomodado, tu és um inocente; tu és uma acomodada, uma inocente...



Eles riem de ti, riem, enquanto enriquecem cada vez mais e te eternizam nessa posição de ajoelhado diante deles. Eles riem de ti, te roubem cada vez mais da consciência de si mesmos, tornam-te uma máquina produzida em série que se transfere apenas para a caminhada em direção ao túmulo e nada mais...



O além disso é possível.



O além disso é necessário.



O além disso é intensamente pedinte da tua participação, amigo.



O além disso é intensamente pedinte da tua participação, amiga.



Revolução.



Revolução.



Revolução.



Revolução dos teus pensamentos.



Revolução da tua conduta.



Revolução da tua vontade.



Revolução da tua visão.



Revolução das tuas mãos.



Revolução dos teus pés.



Revolução das tuas ações.



Revolução das tuas missões.



Revolução, sim!



Revolução interna!



Revolução externa!



Revolução total!



As armas te chamam!



Quais são as armas?



Do que são feitas as armas?



Para quê as armas?



As armas são teus pensamentos.



As armas são tua conduta.



As armas são tua vontade.



As armas são tua visão.



As armas são tuas mãos.



As armas são teus pés.



As armas são tuas ações.



As armas são tuas missões.



O palco da guerra? Que tal a Internet? Por que não fazer daqui um reduto de revolucionários que digam as verdades que todos se negam a ouvir e que jamais são ditas nos jornais, nas revistas e na televisão? Jornais, atualmente, noticiam até as notícias sobre criaturas inúteis como as Mulheres-Fruta, por exemplo, deste nosso país. As revistas, em sua maioria, mostram as caras e as bundas de nossos afamados e queridíssimos artistas, sem nenhuma preocupação social maior. A televisão entretém o povo com ilusões degustadas no café-da-manhã, no almoço, no lanche da tarde, no jantar e na pequena refeição efetuada antes de dormir por alguns. A Internet é uma revolução, a maior criação da Humanidade, aqui todos podem ser quem verdadeiramente são se deixarem as máscaras todas no chão, definitivamente. Tu, aí, tu, podes ser um revolucionário, sem violência, sem planejamentos de atentados, sem o desnecessário trato para com os demais que apenas são tão escravos como tu és. Os instrumentos estão todos à tua disposição, denuncies crimes, denuncies preconceitos, denuncies corruptos, denuncies assassinos de todos os tipos, denuncies pedófilos, denuncies exploradores de todos os tipos, denuncies as mentiras políticas, denuncies a violência das polícias, denuncies denuncies denuncies denuncies denuncies denuncies denuncies denuncies denuncies! Isto é revolucionar! Isto é revolucionar! Isto é revolucionar! Mas, se tu és daqueles que apenas acessam a Internet para entretenimento e para assistir a vídeos pornográficos e acessar fotos fotográficas, leitor virtual, leitora virtual, é melhor nem tentar revolucionar, pois alienados apenas atrapalham e são muitíssimo escravos deles.



E quem são eles?



Quem são?



Abram bem os olhos e todos vós, leitores virtuais, vereis quem são Eles.



É contra Eles que devemos revolucionar!



É contra Eles que devemos assim gritar:



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



REVOLUÇÃO!!!



Mas, antes de assim gritar, reconheçam vosso maior inimigo:



VÓS MESMOS!!!



Revolucionárias Saudações a todos vós, leitores virtuais.


Links:

Rage Against The Machine

MySpace.com - Rage Against The Machine

Rage Against The Machine - Wikipedia

Rage Against The Machine - Last.fm

Rage Against The Machine Ask Fans To Fight "Fascist Republican Agenda" at Fierce Minneapolis Gig

Rage Against The Machine: A trilha da revolução?

Submarino - Rage Against The Machine






0 Loucas Pedras Lançadas: