Ainda Sobre Salvadores De Mundos...


IHS - Saturno Buttò



Ah, sim, Salvadores De Mundos... A maior piada está no fato de que nenhum mundo precisa ser realmente salvo. Mesmo assim, multidões desesperadas erguem mitos e lendas, amparadas em livrinhos fantasiosos ditos como "sagrados". Se um olho do cu for um dia elevado à categoria de um Salvador De Mundos, chegar-se-à, enfim, ao supremo gozo do Piadista Maior de todos os Piadistas: o Único Deus ou Deus Único (esta porra é a mesma merda mesmo) moldado pelos seres humanos.

Piada grandiosa aceitar que outro Ser possa salvar algo apenas porque "não é deste mundo" ou de qualquer outro mundo. Essa história se repetiu e se repetirá em outras frentes desta Criação onde haja gente desesperada pela conjugação verbal do Verbo Salvar. É um infindo desejo das ovelhinhas do Deus criado por elas mesmas, sabiam? Algo que gera uma catarse de emoções baratas, gritos efusivos, uma torcida para decidir quando advirá de qualquer céu a vitória, a benção, a fartura, o dinheiro, a riqueza! ("Foi Deus que me deu", uma frase de bueiro que pode ser vista nos carros mais escrotos dirigidos por gente mais escrota ainda por aí) Os Salvadores são Superstars! Os Salvadores são Ídolos! Os Salvadores são a via de elevação das massas!

"Eu Salvo!"

(Dá vontade de cagar ao ouvir isto...)

"Tu Salvas!"

(Dá vontade de mijar agora...)

"Ele Salva!"

(Posso bater uma punheta agora?)

"Nós Salvamos!"

(Estou procurando uma buceta...)

"Vós Salvais!"

(Um cu fechadinho, por favor...)

"Eles Salvam!"

(Uma puta por dia, é isso que eu quero!)

E no fim, está todo mundo salvo, feliz, contente, não é mesmo? 

Todos no Verdadeiro Paraíso!

Todos na Verdadeira Festa!

Todos na Verdadeira Felicidade!

Todos, sim, que lambem os sacos escrotais de tipos conhecidos como Salvadores De Mundos!

Ai, ai, ai... Melhor deixar quieto, não é? Sabe, não adianta ficar desmascarando essa embromação, muitos até foram queimados em fogueiras ao pensarem diferente das ovelhinhas do Deus Único ou Único Deus "que há". Os amigos imaginários são deles, não é mesmo? Nada temos a ver com amantes de fantasmas e decadentes fantasias arcaicas, nós, filhos de muitas putas diferentes. Ou temos? Ou criamos nossos Deuses? Ou criamos nossos Salvadores? Ou somos ovelhinhas sem a consciência de sermos ovelhinhas da Desgraça Única?

O Enganador possui muitas artimanhas além do cegar bilhões quanto à inútil natureza de um suposto Salvador Do Mundo. Ele, O Maior Dos Vampiros, Demiurgo Absoluto, está a eternamente rir das ovelhinhas que seguem o cheiro dos cus dos Salvadores. Porém, nenhuma delas ouve as gargalhadas deles e se entregam aos Falsos Mestres Da Salvação como prostitutas que querem depois receber um alto galardão.

Ah, humanos, que vergonha, infinita vergonha, ser um de vocês!

Inominável Ser 
QUE NÃO SALVA
NEM O OLHO
DO CU DELE 




Qual É O Seu Verdadeiro Objetivo Na Internet?


Inomináveis Saudações a todos vós, leitores virtuais!

O que se passa com você nesta verdadeira rede informacional repleta de dados e relatos que podem te enlouquecer ou iluminar? Você sente a loucura que isto tudo aqui é? Você se ilumina navegando ou afogando dentro deste cibernético mar? Ou você nem sabe o que está fazendo aqui, minha cara, meu caro?

É o vaidoso aspecto de tudo por aqui que te atrai? O Instagram te oferece a mais vaidosa das babilônicas verdades suntuosas para você.

São imagens & imagens & imagens a te engolfarem em um prato sempre transbordante de quadros referenciais? O Pinterest é o mais perfeito mundo dentro deste cibernético mundo para você.

São os likes & ostentações & falsas felicidades que te orientam nas virtuais estradas daqui? O Facebook, este Mundo Encantado do Mark Zuckerberg, é o que você escolhe para te aprisionar da melhor maneira para aquilo tudo te oferecer.

São imagens com e sem sentido, talentos e falta de talento, absurdos e algo que possa levar a uma reflexão, o que te atrai? O YouTube, a democrática república dos vídeos de toda natureza, é para você a forma mais pura de prazer.

É a busca de sensações que aquecem seu corpo, mente e alma? Qualquer site pornográfico dá isso para você.

É o terreno dos sorrisos e gritos vomitados em tela, muitas vezes sardonicamente hipócritas, que te completa? Qualquer rede social vai te alimentar com isso tudo.

É o direito de pensar, escrever e ser qualquer coisa que lhe chegar à mente? Crie e alimente um blog, você será recompensado talvez com vaias, aplausos ou nem uma palavra de resposta.

Você busca Deus ou qualquer outro Ente Maior aqui?

Você busca O Abismo e seus habitantes aqui?

Você busca crimes doentios ou verdejantes prados de altruísmo aqui?

Você busca a mentira ou a verdade aqui?

Você busca a ilusão ou a realidade aqui?

Você busca o tudo e o nada aqui?

Você busca o início, o meio e o fim aqui?

Você busca alguém aqui?

Você busca a si mesmo aqui?

Então, escolha o que significa a sua perda ou ganho de tempo aqui, são infinitos e profundos os diversos caminhos a serem escolhidos, indo de cibernéticos paraísos e abismos a inexoráveis vazios de inúteis ou atraentes formas. Além das que citei acima, existem diversos outros labirintos cheios de muitas formas e não-formas na Internet. Mas, se você ainda não sabe qual o seu objetivo neste cibernético oceano ao mesmo tempo tão pueril e fantástico, aconselho começar a pensar no que te faz ficar perdendo horas e mais horas aqui dentro. Examine o que você acessa, medite sobre o que você vê, limite-se a explorar as chaves da porta de uma certeira compreensão sobre a sua estadia dentro deste cibernético organismo agregador e desagregador da humana população mundial. A resposta não te tornará alguém melhor ou pior, apenas mais concentrado na identificação do que você verdadeiramente é.

Eu sou Inominável e o meu objetivo na Internet é Ser. Você tem um nome ou não tem um nome neste cibernético templo sagrado de orações e blasfêmias? Você é ou não é nesta cibernética paragem de preciosidades e mediocridades?

Saudações Inomináveis a todos vós, leitores virtuais!




John Buscema, Um Eterno Grande Mestre!




Inomináveis Saudações a todos vós, leitores virtuais!


John Buscema (1927-2002), nascido Giovanni Natale Buscema, é um artista que dispensa maiores apresentações, visto ser um grandioso mito na Arte dos Quadrinhos. Tenho um apego especial às edições de A Espada Selvagem de Conan que tenho em minha coleção muito por causa dos magníficos desenhos dele. Falando com conhecimento de causa e intimamente, ele é um dos maiores artistas que já conheci, um talento extraordinário senhor de um inimitável e incomparável traço. Wolverine, Vingadores, Surfista Prateado e muitos outros personagens tiveram caracterizações que, pessoalmente, considero como relíquias insuperáveis. E algumas delas escolhi especialmente para este post, com a certeza de que muitos Fãs deste Eterno Mestre, como eu, possuem pelas mesmas uma apreciação muitíssimo especial.


Há que se destacar a voluptuosidade e sensualidade das mulheres por ele desenhadas. Sem jamais caírem na vulgaridade ou nos excessos que muitos desenhistas atuais alimentam mensalmente em diversos títulos, são todas perfeitamente únicas em sua estética. No todo, não há exageros e nem falhas na arte que ele legou ao mundo e, ao lado de Jack Kirby, Alfredo Alcala, Moebius, Alex Ross, John Cassaday e outros Mestres na Arte do Desenho, está no rol dos maiores talentos em arte gráfica de todos os tempos.


Agora, sem mais me alongar, lhes entrego algumas das artes de Buscema escolhidas para hoje aqui no blog. E, como sempre irei estar a recomendar, às mesmas…

APRECIEM SEM MODERAÇÃO!!!